“A parte política não é prioridade para mim, agora”, declarou o prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), após encontro com o ex-senador Garibaldi Alves Filho (MDB) em seu gabinete, na última terça-feira, quando o emedebista foi ao Palácio Felipe Camarão pedir apoio eleitoral ao gestor tucano. Em entrevista exclusiva ao AGORA RN, nesta quarta-feira 12, ele negou, enfaticamente, que tenha tratado sobre alianças eleitorais para as eleições. E disse que as conversas que mantém com o ex-senador e o deputado federal Walter Alves (MDB) acontecem naturalmente, “porque possuem uma relação de amizade”.


As afirmações feitas pelo prefeito contrariam as falas do ex-senador, que, em entrevista ao AGORA RN, assegurou que o tucano iria apoiá-lo politicamente nas eleições. Garibaldi informou que, apesar de não pertencerem à mesma sigla, sempre mantiveram uma boa união e interação. O emedebista chegou a afirmar, inclusive, que Álvaro havia garantido que não pretendia concorrer ao cargo de governador do Rio Grande do Norte, mas que iria permanecer à frente da prefeitura de Natal.

Porém, nesta quarta, Álvaro Dias não descartou a possibilidade de lançar o seu nome como pré-candidato da oposição, contra a reeleição da governadora Fátima Bezerra (PT) no Estado.

“Tenho recebido insistentes apelos para que eu venha a ser o candidato a governador da oposição no RN. Não tratei especificamente desse assunto com o MDB, nem com nenhum outro partido. É claro que terei uma participação no processo eleitoral. Até (estou) avaliando a possibilidade de ser candidato, mas não estou pensando, nem tratando de pautas eleitorais no momento. Só o farei na hora apropriada, daqui a alguns meses”, frisou Álvaro.

O nome do prefeito de Natal é um dos mais citados nas pesquisas eleitorais de intenções de votos, mesmo assim, o gestor desconversou, falando que, “o foco principal, neste momento, é sempre o administrativo. Ainda mais agora, em que voltamos a enfrentar um quadro preocupante com a Covid-19 e com a Influenza, ao mesmo tempo”, explicou.

Sem especulações, no momento

Questionado sobre o possível apoio político ao MDB nas eleições, o prefeito foi enfático, “insisto que não vou especular definições sobre hipóteses. É óbvio que, como agente político, vou tomar minhas decisões. Mas, isso só vai acontecer no momento certo, na hora oportuna”, destacou.

E continuou: “Aliás, até onde sei, nem o próprio MDB decidiu o caminho que vai seguir. Se não há sequer um quadro eleitoral definido, então, não tenho como me pronunciar sobre ele”, ressaltou Álvaro Dias.

Sobre a possibilidade da configuração política entre os partidos MDB, PSDB e PT no Estado, Álvaro disse, “desconheço que haja alguma conversa objetiva para tratar de uma configuração como essa”, finalizou.

Agora RN

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...