domingo, 17 de fevereiro de 2019

Campo de Pau dos Ferros: Presbítero Jailson Junior assumirá a AD no Sítio Gameleira.



O Pastor Rilton Martins Peixoto supervisor do campo eclesiastico da IEADERN de Pau dos Ferros, empossará próxima quinta-feira, dia (21), o 5° missionário rural do campo.

O presbítero Jailson Junior de Pau de Ferros assumirá a Assembleia de Deus no Sítio Gameleira, zona rural do município de Riacho de Santana.

AD em Bento Fernandes realiza o I Impacto evangelístico com saldo de 38 conversões



Aconteceu neste sábado, dia (16), o I Impacto evangelístico da Assembleia de Deus de Bento Fernandes.

O evento foi liderado pelo Pastor Cristóvão Alves, e contou com a presença do Cantor Eliezer de Jesus, de Natal e do Pregador o Pastor Washington Falcão, cerca de 38 pessoas aceitaram Jesus como Salvador.

A Vereadora Clorisa Linhares estará realizando a 1ª Maratona no Município de Grossos.



Em Março o projeto Realizando Sonhos da Vereadora Clorisa Linhares estará realizando a 1ª Maratona no Município de Grossos.

Segundo informações, a Maratona terá um percurso de aproximadamente 10 km - ainda em discursão - onde sairá de Grossos, percorrerá algumas salinas artesanais e terá chegada na Prainha.

1º Lugar: R$ 300,00

2º Lugar: R$ 200,00

3º Lugar: R$ 100,00

E mais trofeus e medalhas.

As inscrições são de R$ 30,00, dinheiro este que será usado na manutenção da prova: Postos localizados durante a prova com água e apoio.

Alguns atletas de Grossos já estão se preparando e para você que está sabendo agora, corra, se prepare que ainda dar tempo.


Dia 24 de março. Até lá.

Diarío de Grossos

PSL e General Girão aproximam ministros do Rio Grande do Norte



Agricultura, pecuária, fruticultura irrigada, carcinicultura, indústria salineira, pesca do atum, segurança hídrica e recuperação de barragens. Estas foram as principais pautas discutidas com o ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, e com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, que cumpriram agenda de compromissos no Rio Grande do Norte durante esta semana.

Em Mossoró, o deputado federal General Girão (PSL) acompanhou a ministra Tereza Cristina nas visitas à Agrícola Famosa – maior empresa brasileira exportadora de melão e melancia – e à Fazenda Potiporã, considerada a maior produtora de camarões do país. O parlamentar, que vêm buscando fazer um elo entre o Ministério da Agricultura e os produtores potiguares em audiências em Brasília, proporcionou o chamado “Momento PSL-RN” entre a representante do Governo Federal e vários responsáveis pelo setor produtivo do Estado. Também participaram da agenda da Ministra em Mossoró, o presidente estadual do PSL-RN, Coronel Hélio Oliveira, o secretário geral, General Araújo Lima, e o presidente da Comissão Provisória do PSL-Mossoró, Dr. Daniel Sampaio.
Durante o “Momento PSL-RN”, o General Girão entregou à Ministra Tereza Cristina um documento com o diagnóstico de diversos setores do mercado produtivo do Estado como, por exemplo, a produção de sal, cana-de-açúcar, camarão, pesca do atum, pecuária e, também, o caju. Neste caderno foram expostas as potencialidades e os óbices que a produção de cada setor citado enfrenta no RN.
“Em uma reunião muito organizada promovida pelo deputado General Girão e pelo PSL-RN, nós tratamos sobre a produção e as dificuldades de diferentes setores. O Rio Grande do Norte é um estado muito rico e merece ser explorado positivamente. A reunião foi bastante produtiva e isso mostra o PSL trabalhando junto com o Governo Federal e o Ministério da Agricultura em uma cadeia produtiva da agropecuária que só tende a crescer”, pontuou Tereza Cristina.
O deputado federal General Girão ressaltou que, durante a visita à fábrica da maior produtora de camarão do Brasil, a Ministra identificou uma questão burocrática que trava o crescimento da produção e já buscou solução. “A empresa aguarda, desde outubro, a autorização do Ministério da Agricultura para fazer mais uma linha de descascamento, uma das etapas que prepara o camarão para a venda. Ao ter conhecimento deste entrave, a ministra Tereza Cristina já acionou um assessor e o problema deve ser resolvido até a próxima semana. Isso mostra o quanto é importante ter uma visita in loco de um Ministro de Estado. Esta burocracia brasileira, este Estado “atrapalhador” precisa acabar e esta é uma das metas do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Ficamos impressionados em ver a qualidade da produção e a quantidade de pessoas trabalhando, a geração de emprego que fábricas como as que visitamos promovem. Fico muito feliz em ver o RN que produz”, declara Girão.
Costa Branca News

“Prevejo dias de perseguição à fé cristã”, diz Feliciano sobre voto de Celso de Mello na ADO 26



O voto do ministro Celso de Mello na ADO 26 vem sendo percebida por todos na sociedade que não integram as militâncias progressistas, LGBT ou dos partidos de esquerda, como uma manifestação política. A reação às declarações do decano do Supremo Tribunal Federal (STF) vêm sendo intensas e, em sua maioria, destacam o risco à liberdade religiosa que Mello delineou ao atribuir a oposição à homossexualidade e transexualidade um comportamento fanático religioso.

O pastor Marco Feliciano (PODE-SP), deputado federal no exercício do terceiro mandato, usou as redes sociais para protestar contra Mello, apontando inconsistências na justificativa para que a ADO 26 seja julgada, uma vez que o assunto foi alvo de debate no Congresso e terminou arquivado, além do fato de que definir pena para algo que não foi tipificado como crime em lei é inconstitucional.



Feliciano ainda chamou atenção para o fato de que há liberdades individuais e coletivas, previstas na Constituição, que poderão ser ameaçadas caso o STF usurpe os poderes e legisle de forma inconsequente.

“Sobre o voto do ministro relator, o decano, Celso de Mello, a respeito da ‘homofobia’, confesso, não me traz espanto. Todavia me assustei ao perceber que o voto que poderia ter o tom de um magistrado, tornou-se o que mais parecia o desabafo de um ativista do movimento LGBTXYZ. A ADO 26 não deveria ter sido pautada caso a questão fosse constitucionalidade, afinal, a homofobia foi tratada pelo parlamento no PL 122/2006, votada e devidamente arquivada. Portanto não há Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão, pois não houve OMISSÃO do parlamento”, pontuou.

O parlamentar fez questão de salientar a postura deselegante do ministro ao tecer críticas à pastora Damares Alves, que é ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, e tem sido uma das principais vozes do governo a combater a ideologia de gênero, que foi abraçada por Celso de Mello em seu voto.


“Com a máxima data vênia ao decano, atacar indiretamente a ministra Damares Alves, frontalmente religiosos e grupos políticos, sem dar nomes nem mostrar seus crimes é de uma temeridade sem tamanho. Chamou a todos de preconceituosos e, pior, fez apologia a ideologia de gênero. Enfatizou que ‘mulher não nasce mulher’, jargão usado por ativistas LGBTTYXZ. Sepultou a liberdade de consciência e religiosa individual amordaçando padres e pastores que não poderão mais denunciar como pecado o ato homossexual, com base nas escrituras sagradas, a Bíblia”, lamentou o pastor

“Pergunto ao ministro: será tolhido meu direito de pregar a Palavra como ela é? Partes da Bíblia serão proibidas de serem lidas e publicadas? Se um casal gay quiser se casar numa igreja evangélica ou católica e seus sacerdotes se negarem, isso será preconceito? Seremos presos?”, questionou Feliciano, com exemplos de situações que podem vir a se tornar conflitos na sociedade a partir de uma única decisão tomada fora da alçada pertinente.

O pastor ainda alertou sobre um problema omitido das discussões até agora: com a iminente Reforma da Previdência, em que serão estipuladas novas idades mínimas diferentes para homens e mulheres se aposentarem, há a possibilidade de que o voto de Celso de Mello, com a defesa da ideologia de gênero, seja visto como precedente para que processos sejam movidos contra a União para a obtenção de aposentadoria na idade definida para mulheres, menor que a de homens.

“Homossexuais poderão processar o governo quando este os aposentar pelo sexo biológica e não social? Seria muito melhor que o decano nos mostrasse com sua inteligência e eloquência o que é de fato HOMOFOBIA. Todos os cristãos do mundo moderno pregam contra a violência. Se homofobia for a violência física, prisão justa para o idiota que o fizer”, destacou o pastor, reiterando um discurso uníssono que reflete a prática da comunidade cristã – atacada por Celso de Mello – no Brasil. “Mas e a chamada violência psicológica? Quando um homossexual se sentir ofendido, se magoar, ou afirmar estar sofrendo? Como mensurar sofrimento? Prevejo dias de insegurança jurídica e perseguição a fé cristã. E tenho dito!”, concluiu o pastor.






Micro-ônibus com seminaristas evangélicos tomba na BR-364



Um micro-ônibus transportando 22 pessoas tombou na manhã deste sábado (16) na BR-364 no município de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o grupo saiu de Porto Velho para participar de um evento evangélico na cidade de Ariquemes. Entre os feridos está um menino de 6 anos.


De acordo com informações da PRF, 11 pessoas estão feridas, sendo duas em estado grave. Oito ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros foram usadas no socorro às vítimas que foram encaminhadas ao Hospital Regional de Ariquemes. O veículo saiu às 5h de Porto Velho. O acidente aconteceu por volta das 8h.Samu presta socorro às vítimas de ônibus que tombou no km 523 da BR-364, em Ariquemes. — Foto: Franciele do Vale/Rede Amazônica


Conforme a PRF, o trecho onde o veículo tombou, no km 523 da BR-364, precisou ser interditado das 8h20 às 9h30.


Segundo condutora de 39 anos que também é a proprietária do veículo, o acidente aconteceu após uma curva próxima a ponte do Rio Branco, quando uma carreta no sentido contrário avançou na pista em que estava o veículo. Para tentar desviar da carreta, a motorista contou que desviou, mas acabou tombando na pista.


Ainda segundo a PRF, o ônibus partiu de Porto Velho sentido a Ariquemes, onde os passageiros participariam de um seminário evangélico.

JM Notícia

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Fátima e secretários se reúnem com ministra da Agricultura Teresa Cristina⁩



Regularização fundiária, desburocratização para acesso às linhas de crédito e simplificação de licenciamento dos barcos pesqueiros foram os principais temas da reunião entre a governadora Fátima Bezerra e a ministra da Agricultura Teresa Cristina Corrêa, realizada na noite desta sexta-feira (15), em Mossoró. Ambas estavam acompanhadas de auxiliares e a partir do diálogo chegaram à conclusão de que Governo do Estado e Ministério estão alinhados com relação ao fortalecimento da Agricultura Familiar e com a necessidade de desburocratizar o acesso ao crédito rural e aos programas governamentais.

Alexandre Marinho (atual SEARA – Secretaria de Recursos Agrários, que passará a ser SEDRAF – Secretaria de Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar) destacou a necessidade de celeridade nos processos de regularização fundiária e citou que o Estado tem realizado mutirões para concessão dos títulos de propriedade. A ministra reconheceu que a formalização dos pequenos produtores é a base de todo o processo de fortalecimento da agricultura familiar, uma vez que permite acesso às linhas de financiamentos e programas governamentais, como o de compra direta (PNAI), e criação de redes de distribuição e comercialização, como havia sido mencionado pelo secretário.


Guilherme Saldanha (SAPE) ressaltou a necessidade de simplificação das licenças para os barcos, visto que o atum representa 11% da pauta de exportações. A ministra, que estava acompanhada do Secretário Nacional de Agricultura Familiar, Fernando Schuwanke, considerou coerentes as pautas e afirmou que “simplificar não é precarizar” e que está aberta ao diálogo.



A governadora solicitou audiência com a ministra, que se prontificou a recebê-la em Brasília, para apresentar todas as necessidades do Estado e enfatizou a importância da conclusão da transposição das águas do Rio São Francisco para o RN, destacando que sem água não tem desenvolvimento agrário. “Esta obra representa um importante passo em direção ao sonho de acabar com a falta d’água no interior do nosso Estado. Faremos uma integração da nossa rede de bacias, adutoras e barragens como Oiticica e Armando Ribeiro Gonçalves. Isso trará dignidade e progresso, desenvolvimento e qualidade de vida”, disse Fátima.Participaram também da reunião os senadores Zenaide Maia e Jean Paul Prates, o secretário Jaime Calado (SEDEC) e representantes dos órgãos Idiarn, Emater, Emparn, Igarn e Idema.

Robson Pires

Presidente da Câmara considera importante reacender a discussão sobre a vala



Integrante da comitiva da prefeita Iraneide Rebouças (PSD) que acompanhou a visita do senador Jean Paul Prates (PT) à vala que passa por vários bairros do perímetro urbano de Areia Branca, o presidente da Câmara Municipal, Duarte Júnior (Podemos), considerou que a visita do parlamentar foi importante para reacender a discussão e busca de solução para o problema.

“Diante da gravidade do problema, que vai além da questão de saúde pública, há necessidade urgente de uma mobilização junto aos órgãos competentes nas esferas federal e estadual, a partir do empenho do governo municipal, para solucionar o problema da vala”, ressaltou Duarte Júnior.


O vereador disse ter se animado com o empenho e a boa vontade demonstrados pela prefeita Iraneide, durante sua conversa com o senador Jean Paul Prates. “A prefeita não só cobrou empenho do parlamentar no sentido de obter apoio para resolver o problema da vala, como se mostra disposta a lutar para mudar a realidade de milhares de famílias que convivem diariamente com o incômodo causado pelo enorme esgoto a céu aberto”, destacou Duarte Júnior.

O presidente da Câmara mais uma vez se coloca à disposição do governo municipal para colaborar no que for possível, na busca por uma solução para o problema.

Duarte Júnior disse que a prefeita Iraneide demonstra interesse em resolver o problema

Duarte disse ainda, que a Câmara Municipal estará sempre de portas abertas para sediar discussões que possam contribuir com a resolução de problemas, que assim como a vala, expõem os moradores da área afetada a uma situação de incômodo e até sujeitos a contrair doenças.
Fotos: Divulgação
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...