sábado, 21 de setembro de 2019

Cantora gospel morre ao ter complicações após cirurgia plástica



A pastora e cantora gospel Fernanda Daibert, conhecida como Fernanda Fé, de 41 anos, morreu nesta sexta-feira (20), em Belo Horizonte. Ela era casada com o ex-jogador Marcos Venâncio de Albuquerque, o Ceará, que já atuou em times como Cruzeiro, Internacional e Paris Saint-Germain.

De acordo com o amigo da família Alex Dias, que também cuidava da agenda musical de Fernanda, a informação preliminar é que a causa da morte seria uma embolia pulmonar.

Segundo ele, a pastora e cantora gospel passou por uma lipoaspiração no fim de agosto. Quatro dias depois, ela teve complicações e chegou a passar por três hospitais. Ainda de acordo com Dias, Fernanda deixa três filhos, de 11, 13 e 15 anos.
A pastora morava em Minas Gerais desde 2012, e, atualmente, vivia em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. No ano passado, ela concorreu ao cargo de deputada federal pelo PRTB, mas não foi eleita.


O corpo será enterrado no Cemitério Bom Pastor, em Ribeirão Preto (SP), nesta tarde.
Fernanda se apresentava em congressos como cantora gospel. Foto: Reprodução
JM NOTICIA

Igrejas evangélicas promovem evento contra suicídio, em Campina Grande



A Praça da Bandeira de Campina Grande, na Paraíba, será o ponto de encontro para o evento do projeto “Desperta Campina”, neste sábado (21), às 8h30.

No local, várias equipes de evangelismo das igrejas campinenses se concentrarão para, em seguida, se distribuírem em diferentes pontos do Centro da cidade com ações em combate ao suicídio.

Este ano, o evento traz o tema “Não ao suicídio”, e tem como objetivo o de unir e convocar diversas denominações de igrejas cristãs para saírem de suas “quatro paredes” e se unirem em prol do Setembro Amarelo.


Nesse sentido, cada igreja está empenhada em preparar uma abordagem diferenciada e criativa para tratar sobre o referido tema. Os campinenses contarão com uma vasta programação na qual haverá distribuição de abraços, música, brindes, diversão para crianças e muito mais.

O “Desperta Campina” resultará também em uma maior unidade nas congregações de Campina Grande; tanto as cristãs protestantes, como outras denominações cristãs católicas, por exemplo, que já aderiram ao movimento.

Cerca de 200 igrejas já aderiram ao “Desperta Campina” e as expectativas dos organizadores são de que milhares de pessoas possam ser alcançadas e impactadas por experimentarem a manifestação do amor de Deus experimentado na prática.
Fonte: Portal Correio

Bispo que se recusou a permitir casamento gay na Diocese, apela da punição


“Jesus está chamando a Igreja para seguir Seu exemplo. Ele está chamando a Igreja para ter a coragem de falar Sua verdade…” disse o bispo.

Um bispo da Igreja Episcopal que apelou de uma punição por se recusar a permitir casamentos entre pessoas do mesmo sexo em sua diocese irá a um painel de audiência para discutir seu caso.

O bispo William Love, da Diocese Episcopal de Albany, foi punido no ano passado pela Igreja Episcopal por se recusar a aplicar uma resolução promulgada recentemente, permitindo que as congregações em seu corpo regional abençoassem os casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

Em um comunicado divulgado quarta-feira enquanto participava da reunião da Casa dos Bispos em Minneapolis, Minnesota, o bispo William Love anunciou que o Painel de Referência do Título IV votou para encaminhar seu apelo ao Painel de Audiência.

“Aprecio muito a decisão do Painel de Referência de agilizar o processo, encaminhando esse assunto diretamente para o Painel de Audiência”, afirmou William Love.

“Terei a oportunidade de abordar as preocupações levantadas pela emissão da Carta e Diretiva Pastoral de 10 de novembro de 2018, que sustenta o entendimento e o ensino tradicional da Igreja sobre o casamento”.
- Publicidade -

O bispo Love acrescentou que, com a votação do Painel de Referência, “serão estabelecidos cronogramas canônicos” que devem mover o processo “muito mais rapidamente”.

“É minha esperança e oração que a vontade de Deus seja finalmente cumprida, seja qual for o resultado dos procedimentos do Título IV”, acrescentou.

De acordo com o Escritório de Assuntos Públicos da Igreja Episcopal, os membros do Painel de Audiência incluirão a Reverenda Direita Jennifer Brooke-Davidson, da Diocese Episcopal do Oeste do Texas, a Rev. Direita Herman Hollerith IV da Diocese Episcopal do Sul da Virgínia, The Right Rev W. Nicholas Knisley, da Diocese Episcopal de Rhode Island, Presidente do Painel de Audiência, o Rev. Erik Larsen, da Diocese Episcopal de Rhode Island, e a Senhora Melissa Perrin, da Diocese Episcopal de Chicago.

“O título IV é a seção dos Cânones da Igreja Episcopal que aborda os fundamentos e processos da ‘disciplina eclesiástica’, um processo canônico adotado pela Igreja para incentivar a prestação de contas, a reconciliação e a resposta pastoral quando um membro de seu clero (diáconos, sacerdotes ou bispos) é acusado de má conduta”, explicou o gabinete de relações públicas em comunicado.

Em julho do ano passado, a Convenção Geral da Igreja Episcopal aprovou a Resolução B012, que ampliava o direito de casais do mesmo sexo se casarem em todas as dioceses, incluindo aquelas às quais os bispos se opunham.

A nova resolução deu ao clero o direito de recusar-se a oficiar casamentos entre pessoas do mesmo sexo, no entanto, os bispos que se opõem aos rituais de casamento entre pessoas do mesmo sexo precisam chamar outro bispo para fornecer apoio pastoral ao casal e fornecer um membro do clero para realizar a cerimônia.

Além de Albany, as outras dioceses impactadas incluem Dallas; Dakota do Norte; Springfield, Illinois; Tennessee; Ilhas Virgens Americanas; e duas dioceses da Flórida, a Diocese da Flórida e a Diocese da Flórida Central.

Em novembro passado, o bispo Love divulgou uma carta pastoral afirmando que as cerimônias de casamento entre pessoas do mesmo sexo não ocorrerão nas igrejas de sua diocese, apesar da resolução aprovada.

“Jesus está chamando a Igreja para seguir Seu exemplo. Ele está chamando a Igreja para ter a coragem de falar Sua verdade sobre amor sobre o comportamento homossexual – mesmo que não seja politicamente correto”, escreveu Love.

“As relações sexuais entre dois homens ou duas mulheres nunca fizeram parte do plano de Deus e são uma distorção de Seu desígnio na criação e, como tal, devem ser evitadas”, completou.

Em janeiro, o bispo presidente Michael Curry, líder da denominação, restringiu oficialmente o ministério de Love, colocando uma restrição parcial à capacidade do bispo de impor sua oposição à Resolução B012.

“O amor … é proibido de participar de qualquer maneira no processo disciplinar da Igreja na diocese de Albany, em qualquer assunto referente a qualquer membro do clero que envolva a questão do casamento entre pessoas do mesmo sexo”, declarou o bispo Curry na época.

“Ele também não participará de nenhum outro assunto que tenha ou possa ter o efeito de penalizar de qualquer forma qualquer membro do clero ou leigo ou congregação de culto de sua diocese por sua participação nos arranjos ou participação em um casamento entre pessoas do mesmo sexo, em sua diocese ou em outro lugar”, finalizou Curry.

Seara News

Vereadores governistas derrubam suas próprias emendas



A Câmara Municipal de Mossoró manteve nesta terça-feira (17) os vetos da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) às emendas da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2020.

A força da bancada do governo garantiu esse placar favorável ao Palácio da Resistência.

Os parlamentares governistas votaram, à unanimidade, para manutenção dos vetos de suas próprias emendas, que já haviam sido apresentadas por eles mesmos e aprovadas no plenário. Eles afirmavam que reconheciam a inconstitucionalidade - argumento utilizado pelo governo para vetar tudo.


A oposição se absteve de votar os vetos como forma de protesto, uma vez que os governistas já haviam garantido, em junho deste ano, a derrubada de todas as emendas dos oposicionistas. Não sobrou uma.

O vereador João Gentil (Rede), que não é oposição nem governo, foi o único a votar pela derrubada dos vetos da prefeita.

Fonte: Saulo do Vale

Deputado Coronel Azevedo empossa nova direção do PSC em Mossoró

Diretório municipal do PSC

O deputado Coronel Azevedo, presidente estadual do PSC empossa novo diretorio municipal do Partido Social do Cristão (PSC), no município de Mossoró.

O Ex-dirigente do Podemos, o suplente de vereador Lamarque Oliveira, assume o comando do partido na cidade. Junto com ele agregaram ao grupo, os suplentes de vereadores Ramilson Martins, Naldo Feitosa, Genário da Maisa entre outros etc.

O partido do PSC de Mossoró, recebe novos postulantes a câmara municipal de 2020, nomes de ''peso' bem conhecido do eleitorado mossoroense, o ex-deputado Gilvan Carlos, ex-candidato a vereador e empresário Gideon Ismaias. O Pastor Iranaldo Ribeiro, da Assembleia de Deus poderá ser um forte candidato na disputa por uma das vagas.

Em contato com o Blog Lamarque Oliveira acredita que o partido em Mossoró tem possibilidade de eleger 3 novos vereadores, e lutará por uma vaga na chapa majoritária em 2020.
Pastor Francisco Miranda apoio o Projeto do PSC de Mossoró






quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Em nota, jurídico do deputado estadual Albert Dickson (PROS-RN) classifica denúncia do MP como injusta e desproporcional sob “fatos inverídicos”



A assessoria jurídica do deputado estadual Albert Dickson (PROS-RN) enviou nota ao Blog, classificando a denúncia do Ministério Público(leia aqui) como injusta e desproporcional, em cima de “fatos inverídicos”. Leia abaixo.

Nota

Em relação a notícia veiculada, citando o nome do deputado estadual Albert Dickson (PROS-RN), a defesa entende que a medida judicial deferida é injusta e desproporcional, mormente por se pautar em fatos inverídicos.

Em momento oportuno, será exercido o direito a Ampla defesa, e, com certeza, serão apresentadas todas as provas necessárias.
Esclarecemos ainda, que a citada ação se refere a fatos ocorridos entre os anos de 2009 a 2011 época em que o referido deputado exercia o cargo de vereador em Natal, sem que até então, houvesse qualquer tipo de medida judicial relacionada a tais fatos.

Marcos Lanuce
Assessoria Jurídica

Prefeito e vice de Guamaré são cassados por compra de votos


Prefeito e vice de Guamaré são cassados por compra de votos


A Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte determinou a cassação do prefeito e da vice-prefeita da cidade de Guamaré, a 176 quilômetros de Natal. A decisão, proferida pela juíza eleitoral Andrea Cabral Antas Câmara, reconheceu que Francisco Adriano Holanda Diógenes e Iracema Maria Morais da Silveira (ambos do MDB) compraram votos na época das eleições.

A sentença, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN), deve ser publicada no Diário da Justiça Eleitoral na quinta-feira (19). Apesar da cassação o prefeito e a vice não serão afastados do cargo até o julgamento de eventuais recursos. A Justiça também determinou o pagamento de uma multa de R$ 10 mil cobrada de Francisco por conta da gravidade das condutas apuradas.

Francisco e Iracema foram eleitos em um pleito suplementar do município no dia 9 de dezembro de 2018. Os gestores anteriores, prefeito Hélio Willamy e a vice, professora Iracema Maria, também foram cassados e perderam os mandatos, o que obrigou a realização de uma nova eleição na cidade.

A chapa formada por Fernando e Iracema foi eleita com 6.176 votos, o correspondente a 52,43% dos votos válidos. O outro candidato, Mozaniel de Melo Rodrigues (Solidariedade), alcançou 47.57% dos votos válidos. O município de Guamaré tem 13.726 eleitores.

A defesa do prefeito divulgou nota à imprensa informando que a decisão de primeiro grau ainda vai passar pelo crivo do Tribunal Regional Eleitoral. “O TRE certamente reformará a decisão, que não foi proferida com acerto esperado e que se amparou em prova apodrecida, montada na escuridão da verdade, gravação montada e editada por inimigos políticos e que sequer era de conhecimento do prefeito eleito pela maioria”, diz o texto.


Diario de Grossos

Suplente de vereador Aldeciano Silva de Governador Dix-Sept Rosado conduz pacientes para consultas oftalmológicas


O suplente de vereador Aldeciano Silva, esteve em Natal na Clínica Visão da Dra. Carla e Alberth Dickson conduzindo alguns pacientes para a realização de consultas oftalmológicas.

Aldeciano Silva é presidente do diretório municipal Partido Republicano da Ordem Social (PROS), do município de Governador Dix-Sept Rosado. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...