domingo, 23 de abril de 2017

MP de Pernambuco proíbe práticas litúrgicas na Câmara de Recife




De forma preventiva, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio de sua 27ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, recomendou, na última quarta-feira (19), à mesa diretora da Câmara Municipal do Recife, que se abstenha de autorizar ou permitir a realização da prática litúrgica e de rituais próprios de cultuação religiosa nas dependências, e nos anexos, da Casa Legislativa.
A advertência, assinada pelo promotor de justiça Eduardo Luiz Silva Cajueiro, foi adotada considerando, entre outros dispositivos legais pertinentes à defesa do patrimônio, o art. 5º, da Constituição Federal, que estabelece que "o Estado Laico representa verdadeira salvaguarda à liberdade religiosa da cada cidadão" e, da mesma forma, "não endossa nenhuma religião, garantindo, outrossim, o respeito à descrença religiosa".
Para a vereadora, e líder da oposição na Casa, Marília Arraes (PT) a recomendação do MPPE é positiva.
"A defesa do Estado Laico é uma luta que vem sendo travada desde o primeiro mandato. Inclusive, na edição do novo regimento me posicionei contra se manter o costume de se ler passagens da Bíblia e se falar no nome de Deus. A gente tem que prezar pelo Estado Laico, principalmente pelo momento de retrocesso que a gente vive no Brasil", ressaltou.
A legisladora disse, ainda, que vai, dentro do mandato, estudar uma forma de que a Câmara retire o exemplar da Bíblia de dentro do plenário da Casa José Mariano.
"É importante frisar que esse posicionamento nosso não é contra qualquer religião. Ele é, sim, a favor de todas elas e para que a gente tenha um Estado sem discriminação", pontuou.
Ruim
Por sua vez, a vereadora mais votada, e que compõe a bancada evangélica na Câmara, Michelle Collins (PP) afirmou que a recomendação é ruim e que afeta o direito de expressão religiosa. "Lá na Câmara existem várias ações de diversas religiões. E do jeito que foi posto, dá a entender que nada mais poderá ser feito".
Dessa forma, disse, "recebo com muita estranheza, visto que são atos que não violam nenhuma lei". Além disso, Michele questionou que vários locais públicos, espalhados pelo Brasil, realizam cultos e manifestações religiosas, inclusive no próprio Judiciário. "Em Pernambuco temos um projeto do Judiciário chamado 'Justiça com Deus' É um grupo de juristas que realiza eventos, cultos e seminários. Na Páscoa, juízes e promotores realizaram um culto dentro do Fórum Joana Bezerra. Então, por que isso na câmara dos vereadores e dessa forma?”, argumentou.
Independente da discussão sobre o tema, o descumprimento da medida, de acordo com o documento de recomendação nº 002/2017 - 27ª, importará na adoção das medidas judiciais cabíveis, com intuito de corrigir as irregularidades e responsabilizar os agentes públicos. A mesa, ainda segundo o MPPE, tem um prazo de 20 dias para informar a Promotoria de Justiça sobre as providências adotadas.


Fonte: Folha PE - vi em Notícias Cristãs

Após 4 dias desaparecido, pastor de Arapoema -TO é encontrado em Goiânia



Desaparecido desde o último dia 19, foi encontrado neste domingo (23), em Goiânia -GO, o pastor Luiz Gonzaga Sousa Salazar (conhecido como pastor Cristo). De acordo com as primeiras informações, ele foi encontrado na rodoviária de Goiânia -GO por familiares do ex-vereador de Arapoema -TO, Jurandir Fidelis, e já se encontra sob os cuidados de familiares.


Desde da última quarta-feira, 19, familiares, amigos e pastores de diversas cidades do Tocantins estavam mobilizados, percorrendo cidades como: Guaraí, Colinas e Palmas em busca de informações sobre o paradeiro do pastor Luiz Gonzaga.

Pastor Luiz Gonzaga, tem 61 anos e é pastor auxiliar da Assembleia de Deus Ciadseta na cidade de Arapoema -TO, cuja igreja é liderada pelo pastor Genival Gomes de Lima, 2º vice-presidente da Convenção Ciadseta -TO. Mais informações a qualquer momento.
JM Noticia

Pastor assembleiano está desaparecido desde quarta-feira; Família pede orações



Um pastor evangélico está desaparecido desde a tarde da última quarta-feira, 19 de abril, e os familiares buscam informações que ajudem localiza-lo. Toda a cidade onde ele vive foi mobilizada nas buscas.

Luiz Gonzaga Sousa Salazar é pastor da Assembleia de Deus CIADSETA, em Arapoema, no estado do Tocantins. Sua ausência teria sido notada às 15h00 da última quarta-feira.

Salazar é popularmente conhecido na cidade como “Cristo” e atua como pastor-auxiliar da congregação assembleiana, liderada pelo pastor Genival Gomes de Lima, 2º vice-presidente da Convenção Ciadseta.

Segundo informações do portal JM Notícia, um ex-vereador de Arapoema, chamado Jurandir Fidelis, está ajudando os familiares na busca de informações, e o que se descobriu é que ele teria tomado uma van em direção a Palmas, capital do estado.

“Não temos mais informação do pastor Luiz Gonzaga, desde ontem [quarta-feira]. Aqui em Arapoema, toda a cidade e a igreja estão se mobilizando para encontrarmos o pastor“, comentou Jurandir Fidelis, que vem liderando as buscas. Ainda não há informações sobre o caso da parte da polícia.

A família pede orações e informações sobre o paradeiro do pastor Luiz Gonzaga Sousa Salazar. O número do voluntário Jurandir Fidelis é 063 99989-0196, e ele está concentrando as informações de terceiros, encaminhadas por WhatsApp.

Jm Noticia

Pastor Lindomar é empossado na AD em Logradouro

Aconteceu neste sábado dia (22), na Assembleia de Deus em Logradouro, campo eclesiástico da IEADERN de Assú, a posse do Pastor Lindomar.
O culto de posse foi presidido pelo Pastor Alfredo Luiz de Melo, (supervisor do campo). O Pastor Lindomar assume a AD em Logradouro, substituindo o Pastor João Antonio que assumirá AD em Mororó.

sábado, 22 de abril de 2017

Pastor Walfredo Soares será empossado na AD em Cel. João Pessoa

O Pastor Walfredo Soares será empossado neste domingo dia (23), na Assembleia de Deus em Cel. João Pessoa, campo eclesiástico da IEADERN de São Miguel.
O Pastor Walfredo Soares, liderou por quase 5 anos a Assembleia de Deus em José da Penha, ele substituirá o Pastor Erivan.

“Vade Retro”: Globo volta dar destaque ao Diabo em série polêmica



A série “Vade Retro”, que estreou nesta quinta-feira, 20, na Globo, é uma comédia que coloca o Diabo entre os humanos. A série que brinca com o príncipe das trevas causou polêmica entre aqueles que vêem o perigo de brincar o inimigo como se isso fosse uma coisa normal de se ver.


O Diabo ganha forma com o ator Tony Ramos,que mesmo o interpretando já declarou que acredita em Deus: ““Acredito em Deus. Não tenho gurus”, disse. Ele interpreta Abel Zebu, um empresário milionário, de ética duvidosa, que, além de negócios cheios de tramoias, ganha a vida fazendo palestras motivacionais que são disputadas a tapa por personalidades importantes.

“Ele tem um humor, ou um mau humor, que o torna engraçado. As palestras dele são de um cinismo só. Dá para ver o veneno escorrendo pela boca dele”, explica Tony Ramos.


Polêmica

A série mal começou e nas redes sociais as críticas começaram, pois muitos dos telespectadores da emissora não gostam de sua iniciativa de destacar o Diabo novamente em mais uma série. “Brincar com o coisa ruim como se ele fosse engraçado é um grande perigo” disse um jovem nas redes sociais.

Outro comentou que “não se deve levar para os lares do país a idéia de que o mal também pode ser uma coisa boa, pois é isso o que a série tenta ensinar quando coloca o Diabo fazendo humor”

Histórico

Não é a primeira trama em que a emissora leva o Diabo como personagem principal para seus telespectadores. Recentemente, ela também lançou, em outubro de 2016, por meio da Globo Filmes, subsidiária da Rede Globo de Televisão, o filme “A Comédia Divina”, um trocadilho com o famoso livro de Dante Alighieri, sobre uma viagem ao inferno. A premissa do roteiro era que o Diabo (Murilo Rosa) estaria preocupado com sua baixa popularidade e por isso, decidiu abrir sua própria igreja na Terra para conquistar fiéis.

Gospel Geral

Israel do Novo Testamento agora pode ser vista em realidade virtual


Segundo Templo e partes de Jerusalém já estão disponíveis em aplicativo
Um novo aplicativo de realidade virtual permite ao usuário ver como Jerusalém era nos tempos de Jesus. O Lithodomos VR utiliza o que há de mais moderno em realidade virtual para oferecer a experiência de vislumbrar tanto a capital de Israel durante o primeiro século.

Seu nome é um termo grego que significa "construção". O aplicativo é pago, custa R$ 6,99 para Android e US $ 11,99 para iPhone.
Ele promete oferecer atualizações constantes, à medida que novas descobertas arqueológicas forem sendo reveladas.


Simon Young, pesquisador da Universidade de Melbourne, que projetou o aplicativo, explica: "O conteúdo de realidade virtual que estamos oferecendo é resultado de cuidadosas pesquisas e imagens baseadas em escavações arqueológicas, plantas dos locais, fotografias de texturas e mapeamento do sistema de informações geográficas, bem como dados topográficos dos modelos de elevação digital da NASA".
Com ele, qualquer pessoa usando um celular ou tablet poderá ver em 360º, por exemplo, como era o Templo de Salomão, após a renovação feita por Herodes. "A partir daí, você pode ver a encosta do Monte Sião e as colônias do período romano, bem como a parte de trás de um teatro. À esquerda você pode ver a Fortaleza Antônia [quartel da guarnição romana] e o assentamento judaico. Você pode ver cerca de 1 quilômetro em todas as direções", destaca Young.
Outros aplicativos
O Lithodomos não é o único aplicativo do tipo. A Autoridade de Antiguidades de Israel também anunciou que está trabalhando no desenvolvimento do "Sanhedrin Trail" [Trilha do Sinédrio], que replica virtualmente a experiência de se cruzar a Galileia no primeiro século.

O programa permitirá que os usuários contemplem locais do patrimônio histórico de Israel, recriados com os dados disponíveis sobre o século II.

O projeto pretende recriar digitalmente todo o território de Israel, seguindo a antiga rota comercial que descia desde a antiga cidade de Tiberias, no Mar da Galileia.
O projeto ainda está em fase de testes devendo ser disponibilizado na Google Play até o final do ano.
Com informações de Times of Israel e Breaking Israel News via Gospel Prime

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Apenas sete famílias restaram na maior cidade cristã do Iraque



O evangelista Franklin Graham passou o fim de semana de Páscoa visitando igrejas e cidades abandonadas profanadas e destruídas pela organização terrorista do Estado Islâmico no norte do Iraque e afirmou que apenas sete famílias permanecem na região que já foi a maior cidade cristã do Iraque.


“Ontem nós fomos para a cidade de Qaraqosh, no Iraque, que costumava ser o lar de cerca de 50.000 cristãos. Eles foram forçados a fugir para salvar suas vidas em 2014. Agora apenas cerca de 7 famílias permanecem na região”, escreveu Graham em um post do Facebook, no domingo de Páscoa.

“Eu visitei uma igreja que tinha sido incendiada e destruída pelo Estado Islâmico e me encontrei com o pastor da congregação. Increvelmente, em meio a cinzas e detritos, descobrimos uma de nossas caixas de sapato da Bolsa do Samaritano, enviadas com brinquedos e roupas a crianças. Eu não pude deixar de me perguntar onde estaria hoje a criança que recebeu aquela caixa”, afirmou.


Graham, juntamente com a jornalista Greta Van Susteren, da NBC News, descobriu na igreja incendiada que os terroristas do Estado Islâmico (também conhecido como ISIS, ISIL ou Daesh) usaram metralhadoras para atirar nas cruzes da parede e que o púlpito havia sido usado para a prática de tiro ao alvo. Além disso, Graham disse que militantes explodiram a torre da igreja com explosivos.

Graham também encontrou páginas carbonizadas de bíblias.

“Eu peguei uma parte que continha a passagem de João 20:27: ‘E Jesus disse a Tomé: ‘Coloque o seu dedo aqui; veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. Pare de duvidar e creia”, lembrou o pastor norte-americano.

Como foi relatado anteriormente, o Estado Islâmico transformou um número de igrejas no norte do Iraque em centros de treinamento para a sua ‘polícia religiosa’ e até mesmo em “câmaras de tortura”. A Bolsa do Samaritano produziu um pequeno vídeo, destacando a destruição causada pelos terroristas nas planícies de Nineveh.

Graham disse no vídeo que os terroristas haviam escrito slogans na parede da igreja que ele visitou em Qaraqosh.

“Vocês amam a vida, nós amamos a morte”, Graham citou uma frase que foi pixhada nas paredes de uma igrejas. “Outro slogan que eles escreveram foi: ‘Viemos beber seu sangue”.

No vídeo, a jornalista Van Susteren mostrou uma área fora da igreja onde os terroristas tinham queimado Bíblias e outros livros cristãos.

“Uma coisa é destruir os prédios, estes podem ser reconstruídos, mas a Igreja agora está sendo perseguida e aqui está um grande exemplo do que está acontecendo com a Igreja”, afirmou Graham.
Hospital em meio à guerra
O vídeo da Bolsa do Samaritano também destacou o trabalho de salvamento feito pela equipe médica da organização e voluntários no hospital de campanha da organização, perto de Mosul (Iraque), onde trata civis feridos, tropas da coalizão liderada pelo Iraque e até mesmo terroristas do Estado Islâmico, feridos no curso Libertação da segunda maior cidade do Iraque.

“Nós somos o provedor de nível mais alto de medicina de traumas de emergência e cirurgias aqui neste momento no norte do Iraque”, disse o enfermeiro prático, Tim Mosher, no vídeo. “Isso é realmente importante, porque essas lesões de combate são bastante complexas e as pessoas chegam com algumas coisas que você nunca poderia imaginar que são criadas por várias partes deste combate”.

COM INFORMAÇÕES: GUIA-ME
Gospel Geral
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...