Nesta quinta-feira (9), André Mendonça, novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), esteve no Rio de Janeiro. A convite do pastor Silas Malafaia, Mendonça participou do culto da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), na Penha, Zona Norte da cidade.

Entre os nomes presentes no evento estiveram o governador do Rio de Janeiro, Claudio Castro (PL), o senador Romário (PL-RJ), o deputado estadual Samuel Malafaia (DEM), o deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM), o vereador do Rio de Janeiro Alexandre Isquierdo (DEM), o desembargador William Douglas, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), Fabio Wajngarten e outros.

Durante o culto, Malafaia elogiou André Mendonça e disse que ele irá sentar em uma das cadeiras mais importantes do país.

– Ele não é somente um evangélico, é um pastor evangélico e vai sentar em uma das cadeiras mais importantes – comemorou o pastor.

Na sequência, foi a vez do ministro do STF falar sobre sua aprovação para ocupar a vaga que foi do ministro Marco Aurélio Mello no STF.

– Eu vim na igreja certa, no culto da vitória e após uma grande vitória que Deus nos preparou. Obrigado, Silas Malafaia, agradeço a amizade, o apoio, as palavras de incentivo nos momentos de dificuldade. O meu muito obrigado – agradeceu André Mendonça.

Em sua fala, André Mendonça também agradeceu à imprensa.

– Meu muito obrigado à imprensa que foi muito respeitosa com a Igreja ao longo do processo. É indispensável termos uma imprensa livre no nosso país, ela é essencial para a democracia – destacou.

Ele ainda disse que nunca duvidou “das promessas” de Deus.

– Eu nunca tive duvidas das promessas de Deus e daquilo que Ele tinha me dito anos atrás. Eu até não via como as coisas se realizariam, mas eu sabia o que Ele tinha prometido. Em um processo como esse você não pode olhar para as circunstâncias, para os homens, mas para Deus – afirmou.

O momento de louvor foi liderado pela cantora Elaine Martins, da gravadora MK Music. Com mais de 20 anos de carreira, a artista abriu a noite cantando alguns de seus sucessos.

Indicação

André Mendonça foi indicado pelo presidente Bolsonaro em julho. No entanto, acabou tendo que esperar meses pela sabatina, já que o presidente da CCJ, Davi Alcolumbre (DEM-AP), recusava-se a marcar a data. No último dia 1º, o novo ministro foi aprovado pelo plenário do Senado Federal por 47 votos favoráveis a 32 contrários.

Durante os mais de 130 dias de espera pela sabatina, Mendonça, que é pastor presbiteriano, recebeu forte apoio de líderes evangélicos, principalmente do pastor Silas Malafaia. Durante o culto, André Mendonça falou sobre o tempo em que esperou para ser sabatinado pela CCJ do Senado.

– O crente, o cristão, é aquele que tem fé. A fé é a certeza daquilo que você ainda não vê. Nós cremos que Deus é um Deus de aliança, de promessa e Deus não é homem pra mentir. E quando Deus firma uma aliança com seu filho pode chover canivetes, pode vir a pressão que for – pontuou.


O ex-advogado-geral da União será empossado na próxima quinta-feira (16), às 16h. Mendonça é o segundo indicado do presidente Jair Bolsonaro a ocupar uma vaga no STF. Com 48 anos, ele poderá ficar no STF até dezembro de 2047.

Fonte: Pleno.News

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...