Apesar de ter se recusado a marcar a data da sabatina de André Mendonça para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), o vice-presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Antonio Anastasia (PSD-MG), disse ser favorável ao nome de Mendonça. A declaração foi dada pelo parlamentar nesta quarta-feira (17), ao ser cobrado por outros integrantes da CCJ, conforme informou o jornal O Globo.

Ex-advogado-geral da União, Mendonça foi indicado em 13 de julho pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar a vaga deixada pelo ministro Marco Aurélio de Mello no STF. Mas, desde então, seu nome não passou pelo primeiro passo para ingressar na Corte, já que o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente da CCJ, ainda não definiu a data da sabatina.

De acordo com o veículo, Alcolumbre faltou à sessão da CCJ desta quarta, o que levou Anastasia a ser cobrado.

– Eu compartilho das manifestações e do sentimento aqui colocados pela necessidade disso, da realização da sabatina. Aliás, eu, pessoalmente, dei uma entrevista no último final de semana nesse sentido. E até, em um caso excepcional, que nunca faço isso, já me manifestei a favor da indicação porque acredito que André Mendonça tem as condições de exercer as funções no Supremo – apontou.

O vice da CCJ disse partilhar do sentimento dos outros integrantes da comissão.

– Me somarei a essas solicitações [para] que a matéria avance, mas peço que compreendam as minhas limitações formais e de competência, que é tão somente a presidência eventual para dirigir os trabalhos, mas não para deliberação.

Pleno News

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...