Na Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (24), o deputado estadual Coronel Azevedo (PSC), mais uma vez fez graves denúncias da precariedade que está a saúde pública do Rio Grande do Norte. 

Em seu pronunciamento o parlamentar fez moção de repúdio a Governadora Fátima Bezerra pelo abandono e sucateamento do sistema de saúde pública do estado. “Não só a morte filmada pela própria vítima no Walfredo Gurgel, são diversos os vídeos que estão sendo publicados por potiguares que buscam socorro nas unidades de saúde”, afirmou. Também fez o registro de denúncias que recebeu através das suas redes sociais, sobre o sistema de prontuários dos pacientes que deixou de funcionar a 4 dias e os médicos não estão tendo como prescrever, segunda a denúncia, a direção orientou os profissionais a tirarem xerox das prescrições antigas e acrescentar medicações a mão.

Coronel Azevedo citou a situação lamentável do Hospital Regional de Caicó e lembrou que “segundo o relatório do Tribunal de Contas, o Estado nunca recebeu tantos recursos em toda sua história. Somente em recursos extras foram repassados R$ 1 bilhão e 100 milhões, repassados pelo Governo Bolsonaro”.

1 Comentários

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...