O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), pré-candidato à Presidência da República, cumpriu agenda no Rio Grande do Norte nesta sexta-feira (29), com a participação de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e várias lideranças do PSDB potiguar. Lideranças de outras legendas também estiveram presentes para prestigiar o tucano. Durante o evento, o prefeito de Natal Álvaro Dias (PSDB) reafirmou o seu apoio ao governador gaúcho nas prévias presidenciais do Partido da Social Democracia Brasileira, que serão realizadas em 21 de novembro de 2021.

Álvaro Dias destacou que a escolha pelo nome do governador sul-rio-grandense se deu pelo mesmo ser novo, moderno, com novas ideais, com oxigênio renovado. “Eduardo é excelente nome para com compor a terceira via. É a alternativa certa para o povo brasileiro, que não quer mais esse radicalismo, esse ódio, essas intrigas, essas brigas. O povo brasileiro quer um candidato conciliador, um candidato que possa construir um futuro de prosperidade, de paz e de desenvolvimento para o nosso país”, afirmou o prefeito natalense.

Após a entrevista coletiva com candidato às previas presidenciais do PSDB, ao ser questionado se teria uma definição sobre a corrida eleitoral para o Poder Executivo do RN, com o seu nome como possível candidato pelo PSDB, Álvaro Dias disse nada se acertou sobre isto. “Não temos definição sobre isso. Temos definição sim sobre a nossa permanência na Prefeitura de Natal. Esta que é a possibilidade real, que nós deveremos continuar permanecendo à frente da Prefeitura”, enfatizou Álvaro Dias.

Diante da resposta de que “não temos definimos sobre isso”, a nossa reportagem indagou: “Quer dizer que o Senhor (Álvaro Dias) ainda não está candidato ao governo do Estado?”. E mesmo dizendo que recebeu vários apoios para que ele disputasse o Executivo Estadual, no entanto a resposta pareceu incisiva: “Não, não. Candidato ao governo do Estado não. Sou candidato a permanecer à frente da Prefeitura Municipal de Natal, apesar de reconhecer que temos recebido vários apelos de muitas lideranças, de muitas pessoas sérias, pessoas responsáveis que entendem que o nosso nome seria muito bom para disputar o governo do Estado, mas, eu acho que o momento não é agora”, ressaltou com veemência o prefeito tucano.

Em Natal, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), concedeu entrevista coletiva à imprensa. Eduardo Leite explicou os procedimentos das prévias de seu partido, e disse que respeitará o resultado. “É um espaço de muito debate, muita conversa. Eu tenho conseguido muitos apoios pelo Brasil inteiro. E digo aqui que respeitarei a decisão das prévias”, discursou. Eduardo Leite criticou a polarização política entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula (PT) e defendeu a construção de uma terceira via: “Sem radicalismos, sem ódio, mas baseada no diálogo”.

Com relação ao apoio em 2018 ao então candidato Jair Bolsonaro, Eduardo Leite desconversou e disse que não apoiou o presidente, apenas, declarou voto ao mesmo. “Eu não apoiei Bolsonaro em 2018, eu apenas declarei voto ao mesmo. Apoio é quando você abraça o candidato, faz campanha junto com o candidato, mistura seu nome com o candidato, é defender voto numa pessoa. Eu não fiz isso, eu declarei o voto, assim como milhões de brasileiros estiveram numa escolha terrível a ser feita lá. Não tinham as minhas ideias conciliadas com Bolsonaro, marquei muito diferentemente minhas ideias das de Bolsonaro”, disse o tucano.

Agora RN

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...