Pernambucana naturalizada potiguar, Clorisa Linhares se coloca como mais uma opção para concorrer ao Governo do Estado nas eleições de 2022. Servidora do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, ela também atuou como agente penitenciária, e foi vereadora na cidade de Grossos. Filiada ao novo partido Brasil 35, Clorisa pretende chegar ao cargo máximo do Executivo estadual com propostas para melhorar a economia local. Segundo ela, esse seria o gancho inicial para recuperar outros setores como educação, saúde e segurança.

“Na minha vida, nunca tive um projeto político, aconteceu de uma forma não planejada. Recebi um convite para disputar e, avaliando os nomes que estão sendo postos para concorrer ao Governo, decidi aceitar o convite do partido. Dentro do atual quadro, não vejo um nome que possa realmente mudar a realidade do nosso Estado, porque a situação hoje é caótica e eu falo em todos os sentidos: saúde, segurança, educação e também precisamos melhor nossa situação econômica”, pontuou ao Agora Entrevista.

Clorisa teceu críticas à forma de fazer política, e diz que no RN ainda há um coronelismo político, que atrapalha as candidaturas de outros concorrentes. Ela acredita ainda que o estado potiguar e o Brasil mudariam se mudassem também as formas de fazer campanha. “Precisamos primeiro mudar a forma de fazer campanha. Estamos acostumados a ver no estado o coronelismo. Se você observar a forma como é feita a politica em nosso estado, existe o curral eleitoral. São pessoas indo para os interiores pegando lideranças para trazer votos e se eleger. Todas as minhas campanhas sempre tento fazer diferente, e não compro votos”, disse.

Clorisa diz ser contra a polarização política atual. Segundo ela, o partido Brasil 35 se reposiciona no âmbito nacional de forma independente. Questionada sobre quem apoiaria para presidente, em um cenário entre Lula e Bolsonaro, ela preferiu não se pronunciar.

“Quando recebi o convite perguntei ao certo e eles me informaram que estamos no centro, não estamos nessa polarização, razão pela qual fiquei no partido. Analisamos que toda polarização é prejudicial ao País, independente de quem esteja no poder. Precisamos ter um leque de oportunidades de escolha. Essa polarização restringe a oportunidade de termos um Brasil diferente e estado também”, afirmou.

Agora RN

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...