terça-feira, 12 de outubro de 2021

Deputado denuncia articulação para barrar Mendonça no STF





O deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-AL) denunciou nas redes sociais que um grupo de senadores está se articulando para impedir a nomeação de André Mendonça como ministro do Supremo Tribunal Federal.


De acordo com o parlamentar, Davi Alcolumbre, presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e responsável por pautar a sabatina de Mendonça, seria um dos nomes por trás do conluio.



Alcolumbre, que já está segurando a sabatina de Mendonça há três meses, estaria, segundo Sóstenes Cavalcante, pressionando o presidente Jair Bolsonaro para que um novo nome seja indicado. O deputado afirmou se tratar de um nome também evangélico.

– Há um nome de um presbiteriano, que nós sabemos quem é, mas não vamos declinar o nome aqui, por enquanto… mas estes senadores não estão trazendo este nome porque seja [alguém] melhor do que o André, é porque este nome atende [aos] interesses deste grupo de senadores que não são evangélicos – afirmou o parlamentar.

Mesmo com a pressão política, Bolsonaro já afirmou publicamente que a indicação de André Mendonça ao cargo é sua escolha definitiva. E Sóstenes Cavalcante também confirmou que o presidente da República não irá ceder e que o ex-advogado-geral da União assumirá a vaga no STF em breve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...