sexta-feira, 8 de outubro de 2021

Acusado de manter esposa e filhas em cárcere privado, pastor é preso em flagrante





Um pastor evangélico acusado de manter a família em cárcere privado na cidade de Garanhuns (PE) foi preso na última quinta-feira, 07 de outubro.


A delegada Débora Tenório, responsável pela Delegacia da Mulher na cidade pernambucana, comandou a operação junto a policiais civis após uma denúncia através dos serviços Disque 100/Ligue 180.

O pastor, que seria dirigente de uma igreja na Cohab II de Garanhuns, é suspeito de manter a família em cárcere privado há seis anos.

Ao chegarem à casa, os policiais e a delegada libertaram uma mulher de 29 anos e suas duas filhas, de 3 e 5 anos. A vítima afirmou ao ser encontrada que “vivia um filme de terror”, já que o marido levava as chaves e o controle do portão quando saía de casa.

Além disso, a mulher disse que sofria agressões, inclusive quando estava grávida, segundo informações da rádio Liberdade FM 94,7.

Gospel Mais


ANÚNCIO



Diante disso, o pastor de 57 anos foi autuado em flagrante e passará por Audiência de Custódia em breve, quando o juiz responsável pela comarca irá decidir se o acusado é mantido em detenção preventiva ou é libertado com medidas cautelares. Seu nome e da igreja que ele dirigia foram mantidos em sigilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...