terça-feira, 21 de setembro de 2021

Papa Francisco sobre casamento gay: “Não se encaixa na natureza da Igreja”







O Papa Francisco, chefe da Igreja Católica, admitiu na última semana que as leis de união entre pessoas do mesmo sexo são “importantes”, contudo rejeitou a possibilidade do casamento, considerando que o matrimónio é “entre um homem e uma mulher”.

A declaração do religioso aconteceu na quarta-feira (15/09), diante dos jornalistas no avião papal, no voo de regresso a Roma após quatro dias de viagem à Hungria e à Eslováquia.

“Se um casal homossexual quer levar uma vida em conjunto, os Estados têm a possibilidade de lhes segurança, estabilidade (…) não só para os homossexuais mas para todas as pessoas que se desejem juntar. Mas o casamento é o casamento”, afirmou o Papa Francisco.


Ele foi questionado sobre uma resolução do Parlamento Europeu que pediu que os casais homossexuais beneficiassem, em todos Estados-membros, dos mesmos direitos dos casais heterossexuais.

“São leis que tentam ajudar a situação de tantas pessoas com orientação sexual diversa. E isso é importante, mas sem impor coisas que não se encaixam na natureza da Igreja. Se querem viver juntos, os Estados têm a possibilidade de apoiá-los civilmente e lhes dar segurança. A lei está bem… mas um matrimônio é um matrimônio. E como sacramento, isso está claro”, assinalou.

No entanto, mesmo admitindo a importância de alargar direitos, por outro lado deixou claro que a posição na Igreja Católica ainda não mudou substancialmente.

“O casamento enquanto sacramento é entre o homem e a mulher. Às vezes, o que eu digo cria confusão, mas somos todos iguais. O Senhor é bom, ele quer que todos sejamos salvos, mas por favor não façam a Igreja negar a sua verdade”, acrescentou Francisco.

Portal Trono

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...