terça-feira, 10 de agosto de 2021

FHC anuncia voto em Lula em caso de 2° turno com Bolsonaro







ex-presidente Fernando Henrique Cardoso reafirmou seu apoio ao governador João Doria (PSDB) na corrida pela Presidência da República em 2022, mas disse que Lula (PT) terá seu voto em caso de segundo turno entre o petista e Jair Bolsonaro (sem partido). Para FHC, Lula é um “negociador” e “líder competente”, que nunca atentou contra a “ordem democrática”.

– Conheço o Lula há muito tempo. Ele é muito personalista, acredita que tem a solução, a chave. Mas ele viveu. E quando esteve na Presidência da República, não destruiu a ordem democrática. Não acho que o Lula seja o terror vermelho. Ele é um líder competente que sabe falar e tocar as pessoas. Prefiro pessoas de outras tendências, mas não acho ele um mal em si. Se houver Lula contra Bolsonaro, a polarização fica feia. Se isso ocorrer, vou ficar ao lado do Lula, fazer o quê? – declarou em entrevista ao Poder 360.

O tucano afirmou que o ex-presidente tem características “perigosas”, mas não vê riscos de ele tomar rumos “errados”.

– O que o Lula diz não é propriamente o que ele faz. Lula sempre foi uma pessoa de negociação. Se você deixar, ele te convence que tem razão e você vai junto dele. É uma característica boa para ele e perigosa para o Brasil se ele for por um caminho errado. Mas não acho que haja risco de ele ir para um caminho errado. Mas repito: prefiro um candidato do meu partido, que não seja do PT – ponderou.

FHC afirmou ainda crer que Lula dará seguimento às reformas estruturais no país.

– O Lula nunca foi contrário a reformas. Ele vai fazer. A reforma que as pessoas mais temem é a da propriedade. Não creio que o Lula fará isso. Não é essa a cabeça dele. Ele vai fazer reformas na medida que elas forem aceitas. Não vai contra o sentimento das pessoas. Sabe que perde nesses casos. Suas reformas não seriam as que eu ou o meu partido faríamos, mas ele não é contra reformas. Enfim, quem não tem cão caça com gato. Se não vier cão com o gato, eu fico com o gato.

O tucano reconhece que vencer a polarização é uma missão difícil para a terceira via, mas ele acredita que Doria é o nome com mais chances de angariar força.

– Acho que o Doria tem mais chances porque São Paulo é mais cêntrico. O Doria também tem uma ligação com a Bahia, seus pais são baianos. Isso conta simbolicamente. O Ciro me parece mais difícil. Foi candidato, tem experiência, é inteligente, rápido no raciocínio. Mas não sinto convicção. Dá a impressão de ser fake. Não é, mas passa a impressão. Se for pela minha ligação, a maior é com Doria. Mas o que vai pesar é a capacidade dele de ganhar do Bolsonaro. Vai juntar forças ou não? Se juntar, terá meu apoio – assinalou.

Pleno News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...