quarta-feira, 14 de julho de 2021

Pastor Samuel Mariano recebe o Título de Cidadão da Paraíba








O cantor gospel e pastor evangélico Samuel Mariano da Silva foi agraciado com o Título de Cidadão Paraibano. A concessão foi assinada na última sexta-feira (09/07), pelo Governador da Paraíba, João Azevêdo Lins Filho, e publicada no Diário Oficial do Estado no sábado (10/07).


Na época em que o projeto de lei foi aprovado pela Assembleia Legislativa do estado (ALPB), Cabo Gilberto Silva (PSL), autor do PL, ressaltou o trabalho de evangelização do pastor Samuel no estado da Paraíba.

“É muito importante o trabalho que evangeliza e que atua com ação social, pois é necessário que cuidemos das pessoas, de suas necessidades materiais e espirituais. Quantos jovens são cuidados deixando muitas vezes o mundo da violência sendo transformado , mudando assim as vidas nas famílias, nas comunidades”, disse ele. “O pastor Samuel Mariano tem um trabalho de muitos anos tanto na evangelização ajudando as pessoas materialmente e espiritualmente”, comentou o deputado em maio deste ano.


Samuel ainda não comentou sobre a honraria recebida.

SOBRE SAMUEL MARIANO

Cidadania honorária é um título de honraria que uma pessoa de importância recebe de alguma cidade ou estado brasileiro. Na prática, o pastor Samuel Mariano passa a ser um ‘irmão’, ‘um conterrâneo’, ‘uma pessoa da terra natal’ do estado da Paraíba.

Samuel Mariano nasceu em Barreiros, no interior do Estado de Pernambuco, e fez sucesso por todo o Brasil ao cantar grandes sucessos da música gospel, entre eles: “Deus Estava Escrevendo”, “Respira”, “Depois do Culto” e “Quem Me Vê Cantando”. Além disso, é diretor geral do Projeto Quero Almas, que atua no desenvolvimento de ações sociais em diversos estados do Nordeste.

Atualmente ele mora com a família em João Pessoa, onde liderava a Igreja Assembleia de Deus Brás (ADBrás Paraíba) na cidade.

No mês passado, o cantor e pastor viu seu nome envolvido em um caso de traição. Áudios e prints foram divulgadas na internet em que ele supostaria teria se relacionado com uma diaconisa casada. De lá pra cá, Samuel tem sido questionado e criticado por esse caso, mas o artista nunca falou sobre o caso. A ADBrás, no entanto, negou que o pastor tenha cometido tais atos.

No início deste mês, o pastor renunciou a presidência da igreja devidos às acusações. A esposa do cantor, Isabela Mariano, se tornou a nova presidente da ADBrás.



Informações Portal Trono













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...