(Foto: João Gilberto/Assembleia RN).

Redação/Blog Elias Jornalista

Em pronunciamento durante a sessão plenária desta quarta-feira (7), na Assembleia Legislativa, o deputado Albert Dickson (PROS) voltou a repercutir resultados recentes de pesquisas relacionadas à Covid-19. De acordo com ele, um estudo da Universidade Federal de Santa Catarina comprova a ação da vacina tríplice viral MMR, que protege contra rubéola, caxumba e sarampo, para o aumento da imunidade inata contra a Covid-19.

“A pesquisa concluiu que as crianças não desenvolvem sintomas da Covid-19 em razão das vacinas MMR que elas tomam no início da vida – a partir dos 12 meses aos 4 anos. A tríplice viral atua também como vírus atenuado, semelhante à vacina contra a Covid-19”, explicou Albert.

Segundo o deputado, através da pesquisa as vacinas foram utilizadas também em adultos, obtendo respostas positivas no tratamento da Covid-19. “Os resultados apontam para uma redução dos sintomas em 54% dos pacientes que usam a vacina tríplice viral, e 74% diminuem o internamento”, revelou ele.

Apesar dos resultados, Albert alerta que a vacina tríplice viral não é a solução para a Covid-19, “mas em compensação aumenta a imunidade inata treinada”, disse ele, citando também pesquisa semelhante publicada pela revista americana Science, que igualmente relaciona a proteção da MMR contra a Covid-19 em crianças.

Ao final do pronunciamento, o deputado enalteceu o novo decreto sancionado pelo Governo Estado que amplia a retomada gradual das atividades das igrejas e templos religiosos. “Agradeço ao Governo por incluir a igreja como atividade essencial no Estado através de lei de nossa autoria”, concluiu.

AL-RN

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...