Em uma live transmitida no fim de maio no YouTube, a qual ganhou repercussão ao longo desta semana nas redes sociais, o ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, disse que espera uma vitória do Partido dos Trabalhadores (PT) nas eleições presidenciais de 2022, para que, a partir de 2023, o governo brasileiro possa voltar a “estender a mão” a Cuba.

– Creio que, com vitória nossa aqui, no Brasil, espero podermos, a partir de 2023, estender de novo a mão ao povo cubano – disse Dirceu.



A fala do ex-ministro de Lula ocorreu durante uma transmissão sobre “as relações Brasil-Cuba e os dias atuais”, transmitida no YouTube.

A proximidade entre os governos do Brasil e de Cuba durante os governos do PT era notória. O controverso empréstimo do BNDES para as obras no Porto de Mariel, feito a partir de cinco acordos assinados entre 2009 e 2013, teve grande repercussão.


Dirceu foi um dos principais alvos da Operação Lava Jato nos últimos anos por denúncias de fraude. O ex-ministro já foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro em dois processos da operação. Em fevereiro deste ano, ele foi novamente alvo da ação, ao ser acusado pelo MPF pelo crime de lavagem de dinheiro, por ter supostamente recebido propina da Engevix e da UTC.

Pleno News

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...