quarta-feira, 30 de junho de 2021

Álvaro Dias afirma que pode se aliar a Fátima Bezerra em 2022





Em política, o impossível não existe. No caso da política do RN, o impossível tornou-se possível nas duas alianças das famílias Alves e Maia. Era o impossível, o inimaginável. Mas aconteceu a união dos inimigos. Duas vezes. Nos últimos anos, a união dos contrários ficou ainda mais frequente. Quem foi aliado na eleição passada, na próxima vira adversário. E o contrário também acontece. O fato novo da sucessão 2022 foi registrado a partir de uma entrevista do prefeito de Natal, Álvaro Dias, ao programa 12 em Ponto, da 98 FM, nesta terça-feira, 29. Bem avaliado e sempre citado como o mais forte nome da oposição a concorrer contra a governadora Fátima Bezerra, Álvaro Dias disse que uma aliança com a governadora não está descartada: “Não há obstáculo intransponível”, disse o prefeito do maior colégio eleitorado do RN. Álvaro também fez questão de relembrar sua boa relação com a governadora: “Eu nunca estive distante da governadora. Eu tenho uma relação de amizade com a governadora. Divergências surgem, mas são normais, comuns, até mesmo quando as pessoas fazem parte do mesmo partido.” Há claramente uma mudança de postura do prefeito em relação à governadora. Realmente, a relação pessoal dos dois era boa. Mas azedou em vários momentos quando o prefeito tentou ‘peitar’ Fátima na ‘guerra dos decretos’ durante a Pandemia e expressou claramente uma posição como se liderasse a oposição contra a governadora. Álvaro ressaltar a boa relação com Fátima também é fato novo, haja vista que recentemente os dois andaram se ‘bicando’, fato de fácil comprovação pelo posicionamento dos aliados de ambos nas redes sociais. Os atiradores de Fátima viram em Álvaro um adversário a ser combatido. E batido. Já o grupo do prefeito revidou à altura e bate forte na governadora. Após reforçar que não vai disputar nenhum cargo em 2022 e sinalizar com a bandeira da paz e da possível aliança com Fátima, o prefeito da capital dá uma mexida no tabuleiro político com consequência eleitoral. Afinal, sem Álvaro como opositor na condição de candidato e até como possível aliado, o que vai restar para a montagem do palanque de oposição? O próprio Álvaro deu a dica, apontando os possíveis nomes que podem ser candidatos contra Fátima: O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo; o ministro Rogério Marinho; o presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira; o deputado Federal Benes Leocádio e o deputado Estadual Tomba Farias. Essa relação posta por Álvaro apresenta nomes que jamais serão, com nomes fracos e outros que não aceitam. Por enquanto, a oposição continua sem um candidato com apelo eleitoral e respaldo político. Por Blog do Tulio Lemos Álvaro é Rogério Apesar de declarar que não existe nada impossível em política, dando a entender que poderia se aliar a Fátima Bezerra (PT) em 2022, em entrevista à 96 FM, o prefeito Álvaro Dias (PSDB) corrigiu sua declaração, no início da noite de ontem, informando que seu candidato a governador é o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (sem partido).
Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...