Desde o começo da pandemia, em março de 2020, a Assembleia de Deus de Mato Grosso viu partir para a eternidade, em consequência do coronavírus, 17 de seus pastores líderes. As informações foram confirmadas ao Metrópoles pelo pastor Jackson Messias, que é auxiliar da igreja em Cuiabá.


“Pastores foram 17 já, na nossa igreja aqui em Mato Grosso”, diz o pastor Messias. Ele ainda relembra das mortes, que ocorreram no ano passado, de pai e filho, respectivamente, Sebastião Rodrigues de Souza, vice-presidente da CGADB e Rubens Ciro de Souza, presidente e vice da igreja no Estado.


Nesse domingo passado (4/4), morreu vítima da Covid-19 o pastor Manoel Rotilho de Oliveira, que conduzia a igreja evangélica em Santo Antônio de Leverger. “Ele estava ultimamente sem dirigir nenhum trabalho, já estava aposentado, jubilado, pela idade dele”, confirma o pastor Messias.


Com informações Metrópoles via JM Notícia

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...