As recentes decisões favoráveis a Lula no Supremo Tribunal Federal (STF) impulsionaram os planos de Lula de restabelecer contato com o segmento evangélico. Agora, o ex-presidente quer acelerar a retomada de diálogo com os fiéis.



A estratégia conta com entusiasmo do chamado “núcleo evangélicos e evangélicas do PT” e visa agendar um encontro com lideranças de igrejas pentecostais e neopentecostais. Esse grupo forma o que se chama de “núcleo duro” de apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

“Nós estamos organizando os evangélicos petistas em núcleos. E, desde que saiu da prisão o presidente Lula indicou a necessidade de fazermos um encontro. Com certeza, devemos promover isso”, declarou o pastor Luis Sabanay, coordenador do núcleo evangélico do PT.

O trabalho de tentar reconduzir Lula ao Palácio do Planalto tem, como tarefa indispensável, recuperar votos no meio evangélico. Para Sabanay, isso é possível: “Se o Presidente Lula fosse o candidato contra Bolsonaro, segundo as pesquisas, ele tinha a preferência de votos entre os evangélicos”, afirmou o pastor petista.

“Com a sua volta a cena política, óbvio, não é automático mas Lula fala à base social onde se encontra a maioria da massa evangélica no país, as periferias. Neste diálogo, que nós estamos concentrando esforços, atualmente”, acrescentou, em entrevista à Revista Forum.



Rejeição ao PT

Essa iniciativa, porém, começou mal. No discurso feito logo após a decisão do ministro Edson Fachin de anular sua condenação no caso do triplex, Lula fez ataques aos evangélicos que foram mal recebidos.

“Muitas mortes [na pandemia] poderiam ter sido evitadas, muitas mortes. E que o papel das igrejas é ajudar para orientar as pessoas, não é vender grão de feijão ou fazer culto cheio de gente sem máscara, dizendo que tem o remédio pra sarar”, disparou o ex-presidente.

O pastor Silas Malafaia foi um dos que reagiu às “acusações levianas” de Lula: “Se algum pastor, usando de charlatanismo, está oferecendo feijão para curar covid, tem o código penal. E isso não representa nem 1% da igreja evangélica no Brasil”.

“Esse camarada que se diz defensor dos trabalhadores não abriu a boca para dar uma palavra [sobre o fato de que] milhões e milhões de brasileiros que usam transportes coletivos [estão expostos a] um massacre. Diariamente. Ônibus, metrôs, avião. Não tem distanciamento nenhum. Ele não fala nada, não diz nada”, acrescentou.



Malafaia ainda responsabilizou Lula pela “morte de milhões de brasileiros” por conta da corrupção que comprometeu, dentre outras áreas, o Sistema Único de Saúde (SUS): “Durante 14 anos do governo deles sucatearam a saúde. Não fizeram porcaria nenhuma, apenas paliativos. E esse cara tem o cinismo de dizer que a igreja evangélica contribui para o número de mortes de covid? Isso deve ser brincadeira”.

Até mesmo Valdemiro Santiago, que foi mencionado indiretamente por Lula, reagiu: “Se o senhor se referisse só a mim, no singular, ‘a Igreja [Mundial]’… mas como o senhor é um covarde, não teve a coragem de fazer isso. Então, o senhor se referiu às igrejas”.

“Ou seja, o senhor acabou com a sua pretensa campanha. O senhor nem sabe se vai faze-la ainda, porque alguém vai te botar na cadeia ou vai anular isso que te deram, esse favor que te fizeram”, disparou o líder da Igreja Mundial. Oi


Gospel Mais




Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...