domingo, 7 de fevereiro de 2021

Amanda Wanessa é transferida para UTI especial no dia em que acidente completa 1 mês




Nesta quinta-feira (4), a assessoria de Amanda Wanessa divulgou informações a respeito do quadro de saúde da cantora. Segundo a publicação, Amanda segue internada, mas deixou a UTI humanizada e foi transferida para uma UTI especial, com acompanhante, do Hospital Português, no Recife.

A cantora também apresentou evolução no quadro neurológico. A equipe e a família da artista deixaram um agradecimento a todos que têm orado pela recuperação de Amanda.

“Hoje completa 30 dias que nossa querida Amanda Wanessa sofreu o acidente. Estamos experimentando como nunca antes a graça e misericórdia de Deus em nossa vida, em nossa família. Aprendizado de fé. E hoje temos também mais motivos para agradecer a Deus. Amanda já saiu da UTI humanizada e foi transferida para UTI especial, com acompanhante, inclusive. Seu quadro neurológico evoluiu e a fisioterapia intensificada. Seguimos confiantes e em oração! Porque DEUS é FIEL. Obrigada a todos que estão nos sustentando em oração. Fé mais fé é igual a milagre.”

Entrevista

Passado um mês após o grave acidente com Amanda Wanessa, seu marido, Dobson Santos, falou com exclusividade ao site Pleno.News sobre o que tem sentido neste tempo de espera e como está o atual estado de saúde da cantora. Dobson agradeceu pelo apoio e pelas orações de todos.

Neste relato, ele revelou que não teve vontade de ver o carro pessoalmente e que só teve maior noção da gravidade do acidente depois que viu algumas fotos do que sobrou do veículo que colidiu com um caminhão.

Exatamente um mês depois do acidente e após chegar do hospital para mais uma visita à Amanda, Dobson respondeu algumas perguntas.

O que mais chama sua atenção em todo este episódio, enquanto Amanda e sua filha se recuperam?
Apesar de toda dor que estou sentindo e de toda sensação de medo logo no começo, agradeço a Deus por perceber toda a comoção nacional em relação à Amanda e à minha filha. Foram muitos pedidos de oração por todo o Brasil. Isso me chamou muita atenção, pois eu vi uma união não só no meio do povo evangélico, mas de todas as pessoas próximas, evangélicas ou não, de outras religiões, parando-me na rua e me dizendo que estavam orando por ela.



Recebi ligações e mensagens do Brasil inteiro… pessoas falando que estavam orando por Amanda e esperando um milagre acontecer, bem como que, em breve, ela iria testemunhar isso para a glória de Deus.

Quais as últimas orientações médicas com relação à recuperação de sua esposa? O que é vislumbrado para um futuro próximo?
Foram feitos alguns procedimentos… Cirurgia na cabeça, para desinchar o cérebro… Na parte ortopédica, cirurgia no braço em três lugares, com colocação de placa… E, no pé, foi feito um procedimento de fios, para consertar a fratura do osso.

Ela já tirou os pinos que tinha nos braços. E, na parte neurológica, dizem que é um processo lento. É preciso ter paciência e não ficar ansioso. Ela vai responder aos poucos. O cérebro vai voltando à medida em que ela vai tendo novos estímulos. A cada dia, ela vai melhorando a parte neurológica.
Dobson, Amanda Wanessa e a filha Mel

O que o senhor pensou quando se deu conta de tudo o que estava acontecendo: o estado do carro, a gravidade do estado das duas?
Até pouco tempo, eu não tinha visto o carro e não estava sabendo exatamente da gravidade da colisão. Também não havia conversado a fundo com meu sogro, que estava no carro. Ele apenas me disse que eles estavam na mão certa da estrada e, de repente, veio um caminhão para a faixa deles.

Eu fiquei muito abatido depois que vi algumas fotos do carro. Mas não quis ir até a oficina para ver pessoalmente o estado do carro e o que sobrou dele.

O que aconteceu quando soube do acidente?
Quando soube, eu corri para a cidade em que aconteceu. Fui dirigindo até o hospital onde ela foi atendida inicialmente. Não fui para o local do acidente. A Amanda já estava fazendo exames, tomografia etc, e minha filha estava chegando [ao hospital] na outra ambulância.

Amanda precisou ser transferida para o Hospital Real Portugues, em Recife, que fica a uns 80 ou 90 km de distância de Barreiros. Foi um amigo nosso quem providenciou o guincho do carro até uma oficina. Hoje, tenho melhor noção do que aconteceu e dou graças a Deus por ter poupado a vida de Amanda, da minha filha, do meu sogro e da amiga de Amanda, que estavam no carro.

O acidente

No dia 4 de janeiro, exatamente um mês atrás, a cantora Amanda Wanessa, de 33 anos, sofreu um acidente grave de carro, em Barreiros (PE). Retirada desacordada do veículo (parcialmente destruído), Amanda precisou ser levada para uma unidade de emergência da cidade e, em seguida, foi transferida para o Real Hospital Português, em Recife.

O acidente aconteceu na rodovia PE-60, e Amanda dirigia o automóvel, quando um caminhão veio em sua direção. No veículo, estavam o pai de Amanda, Odilon, Mel, a filha da cantora, de 6 anos, e uma amiga de Amanda, a cantora Juciara Pimentel.

Mel quebrou o braço, e Odilon teve escoriações leves. Apesar do acidente, eles estão bem e tiveram alta. Já Amanda sofreu fraturas múltiplas e ainda segue internada.

Fonte: Pleno News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...