Um adolescente de 16 anos morreu após sair da igreja, na noite de domingo (31/01). O crime aconteceu no bairro Central Carapina, na Serra, na Grande Vitória, por volta de 21h30min. Além dele, três pessoas foram baleadas. Ele havia recebido a ‘revelação’ momentos antes do acontecimento.

Quatro criminosos armados teriam ido até a praça de carro e descido do veículo já atirando. Walace Souza de Jesus, foi atingido com 12 disparos. No local, ficaram várias cápsulas e marcas de disparos. Os quatro foram levados para a UPA do bairro Carapina, segundo o portal G1.

De acordo com testemunhas e familiares da vítima, Walace tinha acabado de chegar da igreja com a esposa e o filho. Ele teria dito para a esposa que buscaria algo na rua, mas que logo voltaria. E assim, minutos depois da saída dele, a esposa contou que escutou vários tiros.

“Na igreja disseram que Deus estava dando um livramento de morte para ele e que não era para ele ficar na esquina. Eu falei que não era para ir para a rua, mas ele disse que ia comprar um negócio. Ele saiu e escutei muitos tiros. Ele era trabalhador. Não devia nada a ninguém”, disse a esposa.

A versão da esposa sobre a “revelação” que Deus estaria o livrando da morte, é comprovado por uma mulher que preferiu não se identificar ao site Folha Vitória.

“Falaram que Deus estava dando um livramento para ele. Não era só um livramento, eram vários. Que era pra ele vigiar”, contou a testemunha. Que também disse que o crime aconteceu minutos depois que o adolescente saiu da igreja.

Entre as outras três vítimas está uma manicure de 21 anos, que foi atingida com um tiro nas costas. Ela está internada em um hospital de Vitória e, segundo o marido, corre o risco de ficar paraplégica. Uma outra manicure, está com 28 anos, que levou dois tiros na perna. E um homem de 25 anos que foi atingido nas costas.

De acordo com as testemunhas, quando os suspeitos desceram do carro, atiraram para todos os lados. No momento em que tudo ocorreu, três das vítimas estavam passando em uma esquina e a outra estava sentada em uma calçada.

A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado na Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Serra. E nenhum suspeito foi detido.

Gospel Minas

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...