quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

BRASILPrefeito denuncia ideologia de gênero em livro comprado por antecessora


 

O prefeito de Sorocaba, São Paulo, Rodrigo Manga, denunciou neste sábado (16) a aquisição de um milhão de livros destinados às escolas, comprados pela administração anterior, com teor de apologia a ideologia de gênero. Ao lado de um vereador do município, ele lamentou o exagerado gasto de recursos públicos com esses livros.

Em um dos livros adquiridos pela ex-prefeita Jaqueline Coutinho, que faz parte do “acervo” que está na Arena Multiuso do município, sob título “No meu corpo mando eu”, de autoria de Antonio Carlos Egypto, é possível ler conteúdo obsceno.

Um suposto “poema” transcrito no livro traz a seguinte mensagem, segundo o prefeito: “Um pênis tenho por fora; Quando chegar a minha hora; Vou poder mandar cortar”. Claramente visando incentivar os alunos a buscarem “mudar” de sexo.

Manga criticou veementemente o gasto de verba da educação para aquisição deste tipo de material, questionando o tipo de ensino que as crianças receberiam. Ele afirmou que encaminharia o material para a Corregedoria, o Ministério Público e a Polícia Federal.




“R$ 29 milhões pra ensinar isso para as nossas crianças? Aqui não. Então, estamos encaminhando isso para a Corregedoria, o Ministério Público e a Polícia Federal. E podem ter certeza, pais, de que essa pouca-vergonha não vai chegar para as nossas crianças!”, criticou. “Inadmissível o que fizeram em Sorocaba e deve estar acontecendo em outras cidades do país!”, continuou.


A Corregedoria Geral do Município (CGM), em parceria com as secretarias da Educação e de Relações Institucionais Metropolitanas (Serim), está buscando possível implicações legais contra a antiga gestão, já que o material teria sido adquirido às pressas, no mês de dezembro de 2020.

Assista:

Gospel Prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...