terça-feira, 15 de setembro de 2020

Em audiência, Coronel Azevedo reforça que turismo precisa ser “permanente” na gestão pública do RN

 

Com o tema Planejando o turismo do RN”, o deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) promoveu audiência pública – por meio de videoconferência – na Assembleia Legislativa para tratar a respeito de iniciativas para o setor turístico do Rio Grande do Norte. “É um assunto que precisa estar na agenda do gestor público de forma permanente”, afirmou.
O parlamentar parabenizou os participantes e o debate de alto nível realizado com a explanação de dados do turismo no estado além de problemas e possíveis soluções para recuperação da atividade no RN. Inclusive, foi sugerida a criação de uma comissão permanente para tratar assuntos relacionados ao turismo potiguar.
Para o diretor-presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística do RN (Emprotur), Bruno Reis, uma reunião foi realizada há umas semanas com a governadora e tratou do que se planeja para 2021 com “mais recursos e auxiliar na retomada da economia do estado”. Com relação à malha aérea que trafega no estado, ele acredita que só será retomada, de fato, no prazo de seis meses.
À frente da presidência da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN (ABIH-RN), o empresário José Odécio afirmou que é “sempre oportuno falar sobre o turismo” e destacou as ações feitas para divulgação do destino RN em outras cidades brasileiras.
Representando a secretária estadual de Turismo, Ana Maria Costa a subsecretária de Política e Gestão Turística, Solange Portela, explicou a respeito do planejamento 2020-2023 do Executivo estadual que foi baseado no plano de governo da governadora Fátima Bezerra.
Ela comentou que “de maneira participativa em todo o estado, recebemos informações para compilar dentro do planejamento”. Além disso, avisou de uma readequação por causa da pandemia do novo coronavírus.
Diretor do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do RN (SHRBS), Juan Garcia, frisou a necessidade de uma ação do Governo – por meio da Emprotur e Secretaria Estadual de Turismo – para que sejam desenvolvidas iniciativas junto aos que fazem a cadeia turística no estado.
Presidente da Agência de Desenvolvimento Humano (ADH) Brasil, Hamilton Néri, fez uma explanação a respeito do turismo no país e abordou pontos que tem sido alvo de críticas por parte do turista quando se desloca para destinos em férias. “Viajar desperta emoções. É preciso acolher o turista, propiciar a satisfação”, declarou.
Ele elogiou a iniciativa do deputado coronel Azevedo em realizar o debate na Casa Legislativa. “Nunca tinha visto um deputado mobilizar uma Assembleia para tratar o turismo. Somente o debate contínuo faz o turismo crescer e melhorar. Como você transforma potencial em crescimento”, disse.
O secretário municipal de Turismo de Natal, Johan Alves Xavier, abordou o trabalho desenvolvido na capital e projetos que estão em execução para incrementar a atividade turística reforçando a importância da divulgação do destino. “Acho mais que necessário a promoção turística”, disse.
Já o presidente do Natal Convention Bureau, George Gosson, falou de algumas restrições que tem ocorrido por causa da pandemia e como isso tem afetado no setor além do que isso pode impactar no turismo.
A secretária de Turismo de São Miguel do Gostoso, Janielle Linhares, reforçou a importância de um alinhamento entre os municípios e o governo estadual nas ações de trabalho e divulgação do turismo. “Em agosto deste ano, a cidade teve seis mil visitantes sendo que desse total, 4.880 vieram de Natal. O turismo regional se mostra muito importante”, disse.
Já a vice-presidente do Sindicato das Empresas de Turismo do RN (Sindetur), Decca Bolonha disse que os municípios precisam estar preparados para receber os turistas e sugeriu a criação de uma comissão permanente do turismo na Assembleia Legislativa.
O vice-presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no RN (Abrasel), Max Fonseca, frisou a importância de se ter um plano a longo prazo focado no setor turístico do estado como um todo.
Com atuação na segurança pública e também no setor do buggy turismo, Major Jorge, destacou a iniciativa da audiência pública e disse que “turismo traz recursos para o estado e sabemos da importância disso”. “Quando não se planeja, se erra. E o planejamento sem ação, gera alguns problemas”, comentou.
Representante do Sindicato dos Bugueiros Profissionais do RN (Sindbuggy), Hertz Medeiros, comentou a respeito do trabalho que precisa ser desenvolvido no turismo potiguar. Diante disso, o deputado Coronel Azevedo pediu ao Governo estadual a isenção no imposto de IPVA e ICMS para que os proprietários de buggys possam sempre estar com seu veículo renovado oferecendo conforto e segurança aos turistas.
Presidente do Sindicato dos Guias de Turismo do RN, Júnior Lima, lembrou que, no Rio Grande do Norte, “há mais de mil guias capacitados”. “Gostaríamos de ser mais inseridos nas decisões e ações de divulgação”,


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...