sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Cinthia e Galego são condenados pela Justiça Eleitoral



Os excessos cometidos na convenção do PSDB, que tem como candidata a ex-vereadora Cinthia Sonale, podem custar caro. Em sentença a representação movida pelo PTdoB, presidido por Sueldo Antônio, o juiz eleitoral Fábio Ferreira Vasconcelos condenou Cinthia e Galego Caetano, candidato a vice, a pagamento de multa de 5 mil reais, em acordo com o §3º do art. 36 da Lei 9.504 /97.

Os condenados podem recorrer para o TRE, contudo correm risco da sentença além de ser confirmada ser reajustada em até 25 mil reais para cada um, conforme prevê a lei.

O juiz entendeu que realmente houve propaganda antecipada em decorrência de eventos como carreata, presença de um grande número de pessoas, bandeiras, e a maioria trajando vestimentas de uma mesma cor, sendo guiadas por aparelhagem de som, em conjunto com um número considerável de motos e carros.

“Sem embargo, entendo que há provas suficientes de que houve divulgação inadequada dos representados em convenção partidária, que ocorreu em local público e de maneira aberta à população. A realização do evento, nesses moldes, extrapola a vontade legislativa que permite encontros intrapartidários fechados para deliberações internas do partido” relata a peça.

Repercute negativamente para os candidatos essa condenação em virtude de que a campanha já começava com condenação na justiça e, também, por haver contrariado as recomendações das autoridades sanitárias com relação ao combate ao Covid19.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...