quinta-feira, 16 de julho de 2020

Coronel Azevedo pede reabertura de igrejas e templos: “governadora, não vire as costas para Deus!”

O deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) criticou a postura da governadora Fátima Bezerra que, segundo ele, discrimina e trata com desprezo os pedidos do segmento religioso. “O governo continua sem anunciar uma data para a reabertura dos templos e igrejas”, disse durante sessão ordinária desta quarta-feira (15).

Na opinião do parlamentar, o decreto do governo Fátima é uma medida “inexplicável, indesculpável”. Ele informou que milhares de fiéis no Rio Grande do Norte estão impedidos de professar sua fé em desrespeito à Constituição Federal que diz “é inviolável a liberdade de consciência e de crença, assegurando o livre exercício dos cultos religiosos e garantindo, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e as suas liturgias”.
Em sua fala, Coronel Azevedo ressaltou que tem acompanhado a expectativa pela retomada das atividades religiosas dentro de normas de segurança determinadas pelas autoridades a exemplo do que ocorre em outros estados. “Não votei, nem apoio este governo. Sou da oposição e me manterei firme nessa batalha”, assegurou.
Ele lembrou que recentemente aconteceu uma reunião com representantes do segmento religioso e apresentaram proposta para reabertura a partir desta quarta-feira, 15 de julho. “Não há sequer uma previsão anunciada pelo governo. Enquanto isso, os líderes, os seus familiares, as igrejas espalhadas pelo Rio Grande do Norte ficam marginalizados à medida que outras atividades recomeçam normalmente” afirmou. 

Durante seu pronunciamento, Coronel Azevedo propôs que “Fátima e a sua equipe deixem de tratar com desprezo os pleitos do segmento”.
Por fim, o deputado estadual fez um apelo à governadora. “Libere as igrejas e templos, Fátima. Dê uma pausa nas malvadezas que vem fazendo com o Rio Grande do Norte. Governadora, não vire as costas para Deus”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...