sexta-feira, 5 de junho de 2020

Velório da cantora Fabiana Anastácio, vitima do coronavírus. Evangélicos, amigos e admiradores lamentaram o fato



Emoção e choque marcaram os amigos e fiéis de Fabiana Anastácio, a cantora gospel que morreu ontem, 4 de junho, aos 45 anos, vitima de covid-19.
Depois de ficar internada por cerca de duas semanas, ela não resistiu. Alguns dias antes, Fabiana, que também era pastora da Igreja Assembleia de Deus em Santo André, na Grande São Paulo, junto ao marido, o pastor Ruben Nascimento, realizou uma live.
Foi como uma despedida, já que pouco tempo depois ela foi internada.
Diego Silva conta que também se sentia como um filho de Fabiana. Ele apoiava, assim como outros membros da igreja.
“Ela estava internada primeiramente em um hospital particular. Como todos nós sabemos, tratamento de saúde da iniciativa privada no Brasil é muito caro. Então, a vaquinha fez sentido, já que muitas pessoas admiravam a Fabiana devido ao seu ministério. Era uma possibilidade de ajudarmos de alguma forma.”
Cortejo sem velório

Muitos dos amigos de Fabiana Anastácio não conseguiram se despedir como gostariam. Em razão das medidas de segurança pela pandemia do novo coronavírus, o enterro foi realizado sem velório. Os mais próximos relatam que um cortejo, com a recomendação de afastamento entre as pessoas, foi realizado com a presença de familiares no Cemitério Paulicéia, em São Bernardo do Campo.

O pastor Ruben Nascimento, marido de Fabiana Anastácio, segundo dizem pessoas próximas, também apresentou sintomas de covid-19. Ele ficou internado somente por alguns dias, mas já teve alta e passa bem. De acordo com os relatos, ele teria sentido falta de ar, dores no corpo, dor de cabeça e febre. Fabiana deixa o marido e três filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...