quarta-feira, 10 de junho de 2020

Albert Dickson (PROS), chama a atenção para o aumento de óbitos por infarto durante a pandemia



O deputado Alberta Dickson (PROS) chamou a atenção nessa quarta-feira (10), durante sessão plenária remota da Assembleia Legislativa, para os crescentes registros de óbitos de pessoas em isolamento domiciliar decorrentes de patologias como câncer ou infartos. Segundo o parlamentar, as pessoas com comorbidades estão largando seus tratamentos ou acompanhamentos médicos em função do momento de pandemia.

“Temos observado que muitos pacientes, receosos com o novo coronavírus, estão morrendo à míngua em casa. Idosos que estão com receio de sair de suas residências e que, infelizmente, estão infartando”, lamentou Albert.

De acordo com ele, o Brasil registra atualmente uma média de mil óbitos por dia decorrentes de infarto agudo do miocárdio. “É um índice de mortes diário que se assemelha aos índices da Covid-19, contudo sabemos que uma hora a pandemia irá passar, mas continuarão ocorrendo os óbitos por infarto agudo do miocárdio. Os números indicam um aumento de 40 para 60 mortes por hora decorrentes dessa causa, o que nos leva a crer que, provavelmente, a ausência do acompanhamento médico seja o responsável pelo agravamento do índice”, observou o deputado.

Na ocasião, Albert Dickson sugeriu à Secretaria Estadual de Saúde do RN (Sesap) a promoção de uma campanha de estímulo para que os pacientes com comorbidades retomem suas rotinas de acompanhamento médico, “desde que sejam indicados os locais adequados que eles devem procurar, separando esses pacientes dos pacientes com suspeita da Covid-19. Não procurar uma UPA, por exemplo, mas sim um hospital especializado”, alertou o parlamentar, acrescentando ainda que, no caso do pacientes com câncer, esses devem procurar a Liga Norte Riograndense Contra o Câncer.

Ao final do pronunciamento, Albert disse que estuda a viabilidade de elaboração de um projeto de lei a ser apresentado na Casa Legislativa para fortalecer a campanha de estímulo em favor da causa.

AL-RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...