quinta-feira, 23 de abril de 2020

Coronavírus: Estados começam flexibilizar medidas e liberar igrejas para cultos



As determinações de isolamento social estão sendo flexibilizadas em alguns estados, como Santa Catarina, Goiás e Rio de Janeiro, onde novas normas preveem a abertura de diversos serviços e estabelecimentos, entre estes últimos, o retorno dos cultos nas igrejas.


Goiás
Caiado libera realização de cultos religiosos em Goiás
O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), anunciou a flexibilização das restrições devido à pandemia do novo coronavírus, que incluem a permissão para celebrações religiosas e atividades de salões de beleza, oficinas e construção civil, e deu autonomia às prefeituras para decidirem sobre a abertura de alguns setores.


Conforme o decreto, anunciado nesta segunda-feira (20), foi mantido o isolamento social no estado, assim como os vetos às aulas na rede estadual de ensino e visitas a detentos nas penitenciárias.

As celebrações religiosas poderão ser realizadas até duas vezes por semana na maior parte do estado. Em outras 19 cidades, entre elas Goiânia, poderá ocorrer no máximo uma vez por semana. Também estão na lista das que poderão ter apenas uma celebração semanal municípios como Anápolis, Rio Verde, Itumbiara, Jataí e Luziânia.


Santa Catarina

Em coletiva transmitida nesta segunda (20), o Governador Carlos Moisés (PSL) anunciou que a retomada de igrejas e templos religiosos foi regulamentada nesta segunda-feira, e começou a valer desde esta terça-feira(21). Já a retomada de academias, shoppings, restaurantes e centros comerciais ocorrerá a partir de quarta-feira (22).


“Essa retomada de atividades está sendo feita de forma muito responsável e calculada, inclusive com o uso de ferramentas que medem o impacto de cada movimento que o governo faz. Contamos também com a colaboração de todos os catarinenses para que sigam as regras estabelecidas, a fim de evitar o contágio”, afirmou Moisés.

Rio de Janeiro
O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel Mauro Pimentel/AFP


Segundo a VEJA, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), deverá flexibilizar a quarentena no estado contra o coronavírus a partir de 1º de maio. Apesar de ainda estar em fase de análise juntamente com a Secretaria de Saúde e outras pastas, a nova medida de Witzel será focada, principalmente, no comércio, incluindo o da capital. A circulação de ônibus intermunicipais e a realização de cultos em igrejas, por exemplo, hoje proibidos, também estarão incluídos no pacote. De acordo com o último decreto publicado pelo governador, o isolamento social irá até o próximo dia 30.



Tocantins sem previsão

No Tocantins, as igrejas seguem aguardando e obedecendo os decretos municipais e recomendações no tocante às medidas de isolamento. No estado, as prefeituras estabeleceram as medidas e algumas já liberam o retorno de cultos nas igrejas.

Em Colinas do Tocantins, no norte do estado, a prefeitura autorizou a reabertura de igrejas e academias, que estavam fechadas por causa da pandemia do novo coronavírus. Mas, os responsáveis devem seguir as restrições, como evitar aglomerações e manter uma distância segura das outras pessoas.

Com isso, muitas igrejas de outras cidades, como as da capital Palmas, ainda continuam sem liberdade para retornar os cultos e continuam, em sua grande maioria, a realizarem cultos on line.

JM Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...