sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Deputado Otoni de Paula repudia ativismo LGBT pelo lançamento de bonecas sem gênero

Nesta quinta-feira (26), o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) usou a tribuna da Câmara dos Deputados para repudir o ativismo LGBT por conta do lançamento de uma coleção da Barbie, fabricada pela empresa Mattel, com bonecas sem gênero.

A novidade foi comemorada por LGBTs e simpatizantes por acreditarem que ensinar para as crianças que elas podem ser o que quiserem – não o que nasceram – é uma forma de apoiar a causa e evitar problemas futuros nessas crianças.

Mas para o parlamentar, que é pastor evangélico e convive com pessoas dos mais diferentes perfis, este tipo de produto não é próprio para crianças.


“Eu subo nessa tribuna para repudiar a fabricante de brinquedos Mattel, mundialmente conhecida por fabricar a boneca Barbie. Agora, a Mattel está fazendo uma linha exclusiva chamada ‘Mundo Criativo’ e que os bonecos vão sair com uma linha sem gênero definido. Não é nem menino, nem é menina. Onde está a covardia? A pilantragem dessa turma? É porque eles querem pegar a primeira infância”, criticou.

Milhares marcham contra a ideologia de gênero no Peru: 'Não se meta com meus filhos'
Na sua opinião, através desses bonecos será possível ensinar crianças de 2 a 7 anos, que está na sua condição de pertencer a um sexo, fase que começa a definir-se como menino ou como menina e este tipo de brinquedo pode influenciar a sua identidade.

“Vem esses calhordas e lançam um boneco, a Barbie, sem identidade de gênero. São bonecos binários, como se o boneco tivesse uma crise existencial e não soubesse se é menino ou menina”.

JM Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...