sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Governo Bolsonaro suspende uso de verbas públicas em séries gays para TVs



O uso de verbas públicas para séries pré-selecionadas em um edital para TVs foi suspenso nesta quarta-feira (21) pelo governo Bolsonaro.

A concorrência havia sido aberta para as TVs públicas, mas uma portaria assinada pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra, publicada no Diário Oficial da União (DOU), evitou o gasto.


Lançado em 13 de março de 2018, o processo seletivo tinha um orçamento total de R$ 70 milhões, provenientes do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

As séries com temática gay, que concorriam pelas categorias “diversidade de gênero” e “sexualidade”, foram criticadas pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Na portaria, o governo informa que o edital ficará suspenso pelo prazo de 180 dias, podendo ser prorrogado por igual período, afirmando ainda que há “necessidade de recompor os membros do Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual — CGFSA”.

Também consta que após a definição da nova composição do grupo, será “determinada a revisão dos critérios e diretrizes para a aplicação dos recursos do FSA, bem como que sejam avaliados os critérios de apresentação de propostas de projeto”.

Guia-me

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...