quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Governador do Rio virá ao RN para ato de filiação de Coronel Azevedo ao PSC



O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, deverá vir ao Rio Grande do Norte nas próximas semanas para abonar a ficha de filiação ao PSC do deputado estadual potiguar André Azevedo, mais conhecido como Coronel Azevedo, em função da patente obtida como oficial da Polícia Militar.

O parlamentar, que foi eleito em 2018 pelo PSL, mesmo partido do presidente Jair Bolsonaro, saiu da legenda após divergências com dirigentes da sigla no Estado. Após receber aval da Justiça Eleitoral para a desfiliação, foi convidado por Witzel, presidente de honra do PSC, e pelo presidente nacional, Pastor Everaldo, para aderir ao novo partido.

De acordo com Azevedo, a visita do governador fluminense ao Rio Grande do Norte terá a data confirmada em breve. “Estamos aguardando apenas a agenda do governador. Eu solicitei que fosse o quanto antes. A parte cartorária vai se concluir no dia 4 de setembro, para que eu assuma a presidência do PSC (no Estado). Já o ato de cerimônia depende da agenda dele (Witzel)”, explicou o deputado nesta terça-feira, 27.

O convite pessoal feito por Wilson Witzel, inclusive, foi um dos fatores que mais influenciaram Coronel Azevedo na escolha do novo partido. O deputado contou que, após deixar o PSL, recebeu convites de várias outras siglas, como PL, Republicanos e Progressistas, mas que optou pelo Partido Social Cristão em função do governador do Rio de Janeiro e do conteúdo programático da legenda.

“O governador Witzel tem se destacado, principalmente na área de segurança pública. Além disso, os princípios e valores do PSC são muito atrativos e (condizentes com) o que nós apresentamos durante a campanha: defesa da vida, defesa da família…”, ressaltou o parlamentar estadual.

Com a filiação do Coronel Azevedo, o PSC ganha o primeiro assento na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O PSL, por sua vez, partido de Bolsonaro, fica sem representação no parlamento estadual.

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS


Além de vir abonar a ficha de filiação de Coronel Azevedo, Wilson Witzel vem ao Rio Grande do Norte com o objetivo de se tornar mais conhecido fora do Rio de Janeiro. Estreante na política partidária, o governador fluminense já antecipou que pretende ser candidato à Presidência.

Em mais de uma oportunidade, o governador disse que tem o objetivo de ser presidente da República. “De preferência sucedendo o presidente Bolsonaro”, disse, em entrevista recente.

Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...