quarta-feira, 31 de julho de 2019

Pastor comete suicídio após perseguição do governo chinês



O pastor de uma igreja vigiada pelo Estado Comunista Chinês cometeu suicídio após mergulhar em desespero por causa das restrições religiosas do governo.

O reverendo Song Yongsheng, que liderou uma igreja na província chinesa de Henan, se jogou do telhado depois de dizer que foi “um fracasso” tentar trabalhar com o governo, informou FaithWire.

O governo chinês aplica políticas estritas em torno da prática da religião e exige que qualquer igreja que funcione seja registrada no Departamento de Assuntos Religiosos, o que efetivamente as mantém alinhadas com os ideais comunistas.

JM Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...