quarta-feira, 5 de junho de 2019

Acidente com van na porta da igreja mata quatro membros de coral



Quatro membros de um coral foram mortos em um acidente quando chegaram à Igreja Batista Monte Sião, no Condado de Dinwiddie, Virgínia, onde eles deveriam cantar para uma reunião de avivamento.

Assim que a van da igreja virou para entrar no estacionamento da Igreja Batista de Mount Zion, um caminhão puxando um contêiner cheio de metal bateu nela, matando quatro das 11 pessoas no interior, disse a polícia do Estado da Virgínia ao The New York Times.


O acidente, registrado na noite da última terça-feira, 28 de maio, aconteceu por volta das 18:54. As vítimas foram identificadas pela polícia como James Farley, 87; Wartena Somerville, 36; Delois Williams, 72; e Constance Wynn, 85 anos, todos membros da Igreja Batista de Shiloh em Blackstone, Virgínia.

“Um furgão Ford multi-passageiro E-350 estava viajando para o oeste pela Route 460 quando diminuiu a velocidade para virar à direita em um estacionamento da igreja”, disse o porta-voz da Polícia Estadual da Virgínia à emissora CBS 6. “Um caminhão Ford F-450 puxando um trailer carregado com metal não conseguiu parar a tempo e fechou a van. O impacto do acidente fez com que a van capotasse várias vezes antes de finalmente parar do lado direito”, acrescentou.

O pastor Joseph Fields da Mount Zion Church, que conhecia Williams e Farley, disse à CBS 6 que estava cumprimentando as pessoas que participaram da reunião de avivamento quando ouviu um forte estrondo, e então descobriu a van abandonada da igreja ao seu lado.


Ele e outros correram para ajudar, mas não conseguiram abrir as portas do veículo. Foi quando ele alcançou a van e começou a pegar as mãos, incluindo as de Farley, e orou a Deus pedindo ajuda.

“No momento em que eu estava fazendo toda essa oração, vou lhe contar a verdade de Deus, não sabia que alguém havia falecido”, disse Fields. “Fiquei chocado quando disseram que quatro pessoas passaram (sic). Eu fiquei literalmente chocado”, disse Fields.

Lafayette Dickens, outro membro do coral de Shiloh Baptist que viajou para o evento em seu próprio carro e chegou logo após o acidente, disse que foi surpreendido: “Eu estava vindo do trabalho e pensei que iria para lá e que seria um programa rotineiro da igreja, porque nós cantamos em igrejas diferentes o tempo todo”, disse ele ao NY Times. “Eu pensei que ia ser como em qualquer outro momento, mas eu acho que o bom Deus tinha outros planos”.

Ele descreveu a cena como “muito ruim” e disse que “apenas tentou acalmar as pessoas que perderam seus entes queridos quando descobrimos quem eram”.

O prefeito de Blackstone, William D. Coleburn, disse que sua cidade de apenas 3.600 habitantes foi devastada pela perda dos membros do coral: “As pessoas que perdemos e as pessoas que foram feridas eram a nata da cultura. Bom povo temente a Deus que deixou sua igreja na noite de terça-feira aqui em Blackstone e percorreu 20 milhas na estrada para espalhar a boa Palavra para outra igreja”, lamentou.

O idoso James Farley era um ex-zelador da Igreja Batista de Shiloh; Warterna Somerville era uma professora de escola local com uma filha de 9 meses de idade; Williams era a presidente do conselho do diácono da igreja; e Wynn passou mais de duas décadas no conselho da cidade.

O marido de Wartena, Michael Sommerville, que retornou ao local do acidente na quarta-feira para procurar seu celular, disse que sua esposa estava sempre feliz: “Ela tinha um bebezinho. Ela nos abraçou e nos beijou antes de ir embora e acenar porque estava sempre feliz e sorria e acenava enquanto se afastava”, contou ele.

O motorista do caminhão que bateu na van da igreja foi identificado como Robert Lee Allen, de 47 anos, de Norfolk. Ele sofreu ferimentos leves e as acusações contra ele estão pendentes. Uma vigília em memória dos membros falecidos do coral foi realizada na Igreja Batista de Shiloh na quinta-feira, 30 de maio, de acordo com informações do portal The Christian Post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...