quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Convenção Batista Nacional proíbe cantores e pregadores que cobram cachê e políticos em seus púlpitos



A Convenção Batista Nacional (CBN) é conhecida pelo movimento de Renovação Espiritual que tomou conta do Brasil na década de 60. Aliás, pode-se dizer que Renovação Espiritual no Brasil e a Convenção Batista Nacional possuem a mesma significância histórica, afinal foi a partir deste “mover” que hoje o Brasil é conhecido por Ser (e Ter) a maior Igreja pentecostal do mundo.


E ao que parece a CBN continua atuando como pioneira ao anunciar durante a histórica Celebração por seus 50 anos de existência, em julho passado na cidade de Búzios (RJ), diretrizes que surpreenderam por lidar diretamente com o Mercado Gospel, Indústria que mesmo em meio a crise continua faturando bilhões de reais por ano.

No texto publicado no Manual do Mensageiro, lê-se o seguinte:


Diretrizes para convites de preletores e cantores e política partidária no âmbito da CBN
Convites a preletores e cantores no Âmbito da CBN

“É vedado a CBN, seus Órgãos e Instituições, juntamente com as CBEs, fazer convites a pregadores, cantores e outros que façam quaisquer exigências financeiras. E também que se verifique se os convidados tem vida compatível com os valores do Reino de Deus, e da doutrina, princípios e valores da CBN”

2. Proibição de Política Partidária no Âmbito da CBN

“Fica proibida a divulgação de política partidária no âmbito da CBN, seus órgãos e instituições, bem como nas CBEs, seja esta propaganda realizada por meio das redes sociais qualquer outra forma de apoio ou divulgação a quaisquer candidatos e também é vedado o uso do logo da CBN por quaisquer candidato em campanha política”

Nas redes sociais, internautas aplaudiam a nova conduta. Mesmo em meio a alguns protestos, poucos defendiam o pagamento de cachês:

“Meu falecido pastor nunca deixou um político no púlpito da IBNJC. Nem nunca concordou em pagar a cantores” (Sandra Passos)*

“Que ótima notícia! Torço que o mesmo ocorra com outras denominações e suas respectivas convenções” (Sílvio Costa)*

“…até que enfim alguém acordou” (Luiz Felipe F. Alvarenga)*

Rsrs! Sou contra; pois o obreiro é digno do salário, diante do que faz! Não deve pagar o que eles pedem e sim o que a igreja pode pagar (Lidimar Furtado)*

Hoje o que não falta são Pastores e Cantores gospel com carro importado, com viagens internacionais, casas de luxo, etc. Tudo fruto do dinheiro do povo, o qual muitas vezes luta arduamente pra conseguir algo do tipo na vida ou até no pior para fechar as finanças no azul no fim do mês.
Onde há semelhança com Cristo nisso?? Fala sério…
Hoje em dia a semelhança tá mais para o padrão político mesmo item 1 e 2 vinculados, saca? (Raphael Seabra Mello)*


*Postados Via Facebook

(Raquel Elana – Gospel Mais)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...