domingo, 19 de março de 2017

Filosofia e Religião - Por Pr. Walfredo Soares

FILOSOFIA E RELIGIÃO O QUE OS PRIMEIROS FILÓSOFOS BUSCAVAM?

A filosofia tem o seu marco histórico, a partir de Tales de Mileto (625-558 a. C.), na Grécia. Como é próprio da filosofia, o questionamento, a dúvida e a investigação de fatos que possa se confirmar ou não, desde o princípio os primeiros filósofos buscavam investigar as causas, o princípio e o fundamento para a existência do mundo. A partir da busca pela compreensão da existência do mundo, deu-se então uma investigação e a busca pela explicação dos fenômenos já existentes e até mesmo daqueles que poderiam existir, que até então ainda são objetos de pesquisa, por aqueles que adentram no campo do conhecimento. A busca pela origem e fundamento do mundo é o primeiro questionamento da filosofia, sendo que depois, entra em cena o filósofo-Sócrates (469-399 a. C.), que viria a ser um divisor de águas da Filosofia, que não colocava o mundo como prioridade de suas indagações, questionamentos e busca pelo conhecimento, mas sim o homem como fonte de pesquisa e de conhecimento, daí a grande pergunta: ''O que é o homem?''. E a partir de então, não mais estava em questionamento como prioridade, o mundo. Como não era mais prioridade a origem e o fundamento da existência do mundo, ainda que permanecesse de certa forma em questionamento a origem do mesmo, mas entra em questão com muito mais intensidade a existência do homem, e qual a razão do mesmo existir, com este novo método de pensar do filósofo Sócrates, a filosofia passa por uma transformação e por uma evolução de conhecimento, nunca visto antes na história. A importância do pensamento do filósofo Sócrates, é muito relevante mesmo para o mundo contemporâneo, pois o seu pensamento é muito atual, apesar dos muitos anos que já se passaram desde a sua morte. Pensamentos como estes: ''Conhece-te a ti mesmo'' e '' Sei que nada sei'', atribuídos a ele, são de uma importância tamanha, que na verdade expressam, em primeiro lugar que, antes de buscarmos compreender os outros e as demais coisas, devemos começar por buscar conhecer a nós mesmos, visto que todo conhecimento ainda que buscado em outros meios, mas o meio mais indicado para se dá início ao mesmo, deve ser a pessoa de cada um de nós, e a partir desta compreensão, vamos poder ter uma melhor visão dos outros e das demais coisas. O segundo pensamento conforme acima citado, nos conduz ao entendimento de que por mais que saibamos, entretanto ainda somos ignorantes acerca de muitas coisas; sendo assim o filósofo se coloca como alguém que está sempre buscando aprender, e é a partir desta tomada de consciência, que estaremos num processo de aprendizado constante, reconhecendo assim a nossa limitação, sobretudo em matéria de conhecimento, traduzindo-se assim na melhor maneira e no método mais eficaz para a evolução do conhecimento de nossas vidas.
No próximo artigo daremos continuidade a este, não o deixe de ler. 

Pastor Walfredo Soares de Lima é líder da Assembleia de Deus em José da penha/RN, e graduado em filosofia pela UERN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...