sexta-feira, 8 de abril de 2016

Esdras Levantando um Altar para Restaurar (Ed. 3:2) - Por Marlon Araújo



Esdras um Sacerdote Araônico, descendente de Eleazar e de Finéias, erudito, copista destro da Lei, versado tanto no Hebraico como no Aramaico.
Considerado por alguns Teólogos como o time B da Bíblia, Esdras é pouco Pregado, Falado e Ensinado nas nossas Igrejas.
Sempre quis escreve sobre Esdras; então chegou a hora de falar de um Homem de Deus, que era Apaixonado pela Palavra de Deus.
Esdras tinha um genuíno zelo pela Adoração, e também tinha preparado seu coração para consultar, praticar, e ensinar a Lei para o povo de Israel, Ed. 7:10.
A Tradição Judaica atribui-lhe ter iniciado a compilação dos Livros das Escrituras Hebraicas.
Na Bíblia, um Altar só poderia ser levantado por um Sacerdote que fosse reconhecido pela sociedade onde vivia. Esse Altar tinha uma legalidade, um respaldo, pois é a referência da santificação e do compromisso.
No livros de Esdras lemos que para reconstruir o Altar em Jerusalém, depois do cativeiro, levantaram-se Jesuá e Zorobabel.
Eles estavam fazendo uma aliança de que assim como aquele Altar estava sendo levantado, Deus iria construir o Templo.
Não se tem o Templo enquanto não se levanta o Altar. Por isso, Deus resolveu o problema construindo o Templo.
Quando Ele olha do seu Alto e Sublime Trono para a Terra e vê a Igreja se movendo, Deus pode dizer: Ali estão os meus Templos, os meus Altares que eu Levantei na terra, e por onde passarem, a terra será restaurada. Você é o Templo do Espirito Santo.
O Altar é estabelecido para direito de posse de um território ou algo que temos por conquistar.
Você é um Altar vivo, foi chamado para construir e defender o seu território. Você é resultado do trabalho das mãos de Deus, que investiu pesado em você.
Deus lhe chamou como uma geração corajosa para arrancar aqueles que estão nas trevas. Deus lhe selou e Levantou dentro de você o seu próprio Altar.
O Altar do SENHOR é composto de simplicidade e é alimentado de Santidade. São dois elementos que sustentam o Altar do SENHOR: simplicidade e santidade.
Quando o povo chegava diante do Altar, via um Altar simples, mas lá os Adoradores diziam: SANTO, SANTO, SANTO é o SENHOR dos EXÉRCITOS.
Altar é uma coisa bastante citada na Bíblia. Á Bíblia fala 374 á Palavra Altar. a 1º vez que aparece é lá no Livro dos Gênesis. 8:20. E a última vez é lá em Apocalipse 16:7. Os Sacerdotes tinha seus Altares, os Profetas tinha seus Altares, os Reis tinha seus Altares e nós também temos um Altar que é a Cruz.
Altar é lugar de sacrifício, de morte e de dores. Altar é lugar de um Cristianismo crédulo e de um profundo relacionamento com Deus.
Altar é aonde as Intimidades se encaixa entre a criatura e o Criador.
O 2º Êxodo de Israel, na qual Israel tinha uma população de 3 Milhões de Judeus, apenas 42.360 (Ed 2.64), decidem deixar o conforto da Babilônia civilizada, para enfrentar as dificuldades da Judeia, ou seja eles preferiram um Altar na sua Terra, do que uma casa na terra dos outros. Poderiam vivem bem mais eram Escravos.
 Esdras é um exemplo para quem quer começar uma Obra de Deus e na direção de Deus. Porque temos em 1º lugar dedicar um Altar para á Base de Toda Obra.
Esdras nós ensina que é fundamental Erguer um Altar, depois Fazer um Templo e mais lá frente se Erigir uma Cruz.
Então que nossos Altares, seja á Base dos Nossos Templos para que Á Cruz de JESUS venha sempre ser Erguida dento dos nossos corações.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...