Uma decisão judicial irá obrigar o município de Porto do Mangue-RN, pagar 600 mil reais, ao escritório Paraguay Continho o qual tinha conseguido o petróleo para o município liminarmente final do mandato de titico 2016, 

Na ocasião logo depois que prefeito Sael Melo tomou posse início 2017 trocou o escritório, e  colocou pra um escritório de amigos 3 messes depois este escritório perdeu a liminar, desde de então o município deixou de receber mais 700 mil por mês devido esta atitude irresponsável do prefeito Sael Melo. 

Então o município de Porto do Mangue, passou 50 meses sem receber os recursos gerando uma perca de 35 milhões.

Agora o município de Porto do Mangue, foi  condenado a pagar 600 mil ao escritório Paraguay Coutinho por quebra ilegal de contrato.

O petróleo voltou devido uma luta com Faustino estando a frente da prefeitura e agora sael volta pra torrar.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...