O senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) afirmou nesta quinta-feira (21) que só será candidato a governador nas eleições de 2022 se a mãe deixar. Em entrevista à rádio Rural de Caicó, o senador disse que, no passado, só fez concurso para a Polícia Militar e foi candidato a senador porque a mãe autorizou, e que agora não será diferente.

“Eu tenho outros problemas, e um deles é minha mãe autorizar ou não. Não vou mentir. Se minha mãe disser que eu não vou, eu não vou. Eu só tenho uma mãe, idosa, que saiu do hospital um dia desse. Se ela disser que eu não vou, não tem povo que faça eu ir”, declarou o senador.

Styvenson disse que a mãe – Edilma Valentim – é sua maior eleitora. “É minha mãe, minha maior eleitoreira. Se você não respeita a sua, problema seu. A minha, eu respeito. Ela que autorizou eu ser candidato ao Senado, ela que autorizou quando eu fiz concurso da polícia. ‘Ah, ele é mando pela mãe’. E não é para ser não? Até minha mulher mandava em mim. Ainda bem que eu superei”, afirmou, aos risos.

Blog do FM

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...