O partido que mais cresce no RN reúne mulheres e mostra força.

O segmento do PSDB Mulher Potiguar fez um movimento nesta terça-feira (5), na sede estadual do partido que fica no bairro Tirol, em Natal (RN). A chapa proporcional da sigla tucana terá três postulantes à deputada federal: a médica Drª Júlia Ferreira e as vereadoras Delkiza Cavalcante (Assu) e Wanderleia Firmino (Rio do Fogo). A prefeita Rossane Patriota (Ielmo Marinho) assumiu a primeira vice-presidência do segmento.

“Recebi essa oportunidade do PSDB e vamos mostrar a força da mulher na região Metropolitana e no interior. Fiz carreira como médica e há anos atendo em Parnamirim. Também no Seridó saio com o apoio do prefeito Dr. Tiago de Parelhas. Vamos mobilizar o PSDB para fazer uma deputada federal”, afirmou Drª Júlia Ferreira, que é neta do ex-deputado Leônidas Ferreira.

Para a dirigente do PSDB Mulher Potiguar, Isa Carneiro o partido dará apoio irrestrito as mulheres que vão concorrer a deputada. “Nossa chapa feminina é forte e tem conceito. Quando a campanha começar em agosto vamos mobilizar as bases do PSDB e fazer uma deputada federal. Também vamos conquistar uma vaga de deputada Estadual. A chapa mais forte é a do PSDB”, comentou.

O PSDB vai apresentar mulheres que são profissionais de saúde, como a médica Drª Júlia Ferreira e Engracia Alves, da Cooperativa de Médicos Ortopedistas do Rio Grande do Norte. Também terá a influencer digital, Leila Maia, que foi idealizadora do projeto social Ponte da Vida, combatendo o suicídio. Com a bandeira da educação e evangélica, a professora Thaysa Barbosa. Ainda consta a advogada que atua em um dos segmentos da OAB/RN, Drª Karina Pereira. Vereadoras atuantes Delkiza Cavalcante (Vale do Açu) e Wanderleya Firmino (Litoral Norte). Além da vice-prefeita Juliana Dantas, de São Bento do Trairi, e a Subtenente Luciene da Companhia Feminina, que faz um grande trabalho na Patrulha Maria da Penha, acompanhando mulheres em situação de violência doméstica e familiar.

Com o tema: “A Força da Mulher Potiguar”, o partido que mais cresce no Rio Grande do Norte focará em um lema: “Vote em mulheres”. O partido dará visibilidade às pré-candidatas do PSDB, e não haverá candidaturas fictícias de mulheres, apenas para cumprir a cota mínima de 30% determinadas por lei. “Vamos ter três nomes que concorrerão a deputada federal e, também estamos viabilizando cerca de sete mulheres para concorrer a Assembleia Legislativa”, informa Isa Carneiro que também integra a Comissão da Federação PSDB/Cidadania, composta por 11 membros dos dois partidos.

No Rio Grande do Norte, 53% do eleitorado é feminino. “Estatísticas oficiais do TRE/RN comprovam que por falta de opção em 2018, mais de 350 mil eleitores votaram branco e anularam o voto para deputado federal no Rio Grande do Norte. Só isso elegeria dois representantes em Brasília, das oito vagas que o nosso Estado tem direito. Para a Assembleia Legislativa, 208 mil pessoas foram para a fila votar, mas não escolheram nenhum nome para deputado estadual. Elegeria três cadeiras. Então a ideia de defender ‘Vote em Mulheres’ é uma estratégia de furar a bolha, tendo em vista esse contexto de baixa representatividade feminina”, afirmou a representante do PSDB Mulher. Ela alertou, ainda, para o crescimento da violência na política de gênero, o que demanda mais ações coletivas como reposta.

Blog do Passaro 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...