Com cerca de quatrocentas 400 pessoas presentes, na noite de quinta-feira 30 de junho de 2022, por propositura da deputada estadual Marta Costa, aconteceu no Hall Monumental da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP), uma sessão solene em comemoração ao aniversário de 111 anos da Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Brasil. Ao iniciar sua fala abrindo os trabalhos, irmã Marta que é membro da AD Ministério do Belém ressaltou a alegria de seu coração por poder promover uma cerimônia tão especial “Eu esperei ansiosa por este momento, e agora com oração transformaremos esta assembleia dos homens, em uma Assembleia de Deus, onde juntos louvaremos ao Senhor pela nossa Igreja. São 111 anos de uma Igreja que segue vitoriosa rumo as bodas do Cordeiro’’, afirmou.


Após oração proferida pelo pastor Leidir Ribeiro, presidente da AD em Araraquara (SP), foi realizado o momento cívico quando os presentes entoaram o Hino Nacional Brasileiro, acompanhado pela Camerata da Policia Militar sob a regência do Maestro 1º SGT PM Gleidson Alexsandro Azevedo. Na sequência o plenário cantou com entusiasmo, acompanhando o pastor Elias Camilo dos Santos o hino oficial da denominação, 144 da Harpa Cristã – Vem à Assembleia de Deus. Tendo iniciado o culto, irmã Marta transferiu a direção da reunião ao pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente da AD em São Paulo, CONFRADESP e presidente de Honra da CGADB, que após cumprimentar os presentes passou a palavra ao pastor José Wellington Costa Junior, presidente da Convenção Geral dos Ministros das Igrejas Evangélicas Assembleia de Deus no Brasil (CGADB).

Pastor José Wellington Junior felicitou a irmã Marta Costa pela realização da solenidade; logo após convidou os irmãos à leitura do texto de Atos 6.1-7. Em sua fala o Líder destacou o que representa a AD para o País, trazendo a memória não só o trabalho espiritual, mas também social desenvolvido pela Igreja, que tem contribuído para a transformação de muitas vidas “quantas pessoas chegam à nossa Igreja destruídos, com a família se desfazendo; ao aceitar Jesus, com a contribuição da AD estas pessoas retornam a sociedade totalmente transformadas”. Temos razões sobejas para comemorarmos estes 111 anos; agradeçamos ao Senhor nosso Deus por termos sido alcançados por esta Igreja Pentecostal “a Chama Pentecostal espalhada pela Assembleia de Deus chegou pelo norte e alcançou o sudeste, e não tem frio capaz de apagar a Chama Assembleia de Deus, pois este fogo foi acesso em nossos corações” finalizou.


Seguindo a programação o pastor Paulo Freire Costa, líder da AD em Campinas (SP) e Deputado Federal, reconhecendo o fecundo crescimento da Igreja lembrou que a AD Brasileira é a maior do mundo e finalizou sua fala com a leitura de 1º Timóteo 5:17. Os louvores ficaram a cargo dos Corais de Esposas de Ministros, liderado pela irmã Lídia Dantas Costa sob a regência da irmã Kátia Silva e do Coral de Obreiros do Belém, regidos pelo pastor Elias Camilo dos Santos. Contrastando o princípio sofrido da Assembleia de Deus, quando os crentes e seus pastores eram perseguidos, chegando a serem apedrejados por pregarem o evangelho, com os dias atuais onde temos em nossos templos pastores e membros com posições elevadas diante da sociedade, o pastor e missionário Joel Freire da Costa pregou a palavra de Deus. Ele trouxe a lume características preponderantes da denominação, a simplicidade e a oração. Sua mensagem foi fundamentada e concluída com o texto de 1º Samuel 7.12 “Até aqui nos ajudou o Senhor”.


Membro da AD há 76 anos, relembrando os obreiros da primeira geração da Igreja com os quais conviveu, a exemplo do pastor Cícero Canuto de Lima, o pastor José Wellington Bezerra da Costa afirmou “Daniel Berg e Gunnar Vingren deixaram de seu DNA na vida dos pastores e da AD no Brasil. O fogo não arrefeceu; a mensagem pregada por eles no início da Igreja continua ardendo em nossos corações. Jesus Cristo Salva; Jesus Cristo Cura; Jesus Cristo batiza com o Espírito Santo; Jesus Cristo breve voltará”. Ele finalizou reconhecendo o trabalho da irmã Marta Costa e dos demais representantes da AD em todas as esferas políticas, e concluiu afirmando “a força da AD está na oração, com joelhos dobrados, olhos molhados e corações quebrantados”. Com oração realizada pelo pastor Irineu Lima Pereira, presidente da AD em Piracicaba (SP) o culto foi encerrado e a sessão solene por sua vez se encerrou com a entrega de uma medalha comemorativa e uma lembrança aos pastores presentes e Esposas.

Por Tiago Bertuliano 







Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...