O projeto de lei n° 308/2020, que reconhece a Bíblia Sagrada como patrimônio imaterial, cultural e religioso do Rio Grande do Norte, de autoria do deputado estadual Coronel Azevedo (PL), foi aprovado na Assembleia Legislativa. 

Uma importante medida que reforçará iniciativas para habilitação de projetos culturais e religiosos que busquem financiamento através de recursos públicos e privados.

A Bíblia é o livro mais lido, vendido e traduzido do planeta. Considerada a Palavra inerrante de Deus para os cristãos, ela já foi e continua sendo responsável pela transformação de milhões de vidas ao redor do mundo.

Coronel Azevedo afirmou que “Segundo o último senso populacional do IBGE, datado de 2010, cerca de 85% da

população do Rio Grande do Norte se declarou cristã, entre evangélicos, católicos e ortodoxos, percentual que também se verifica em nível nacional pelo mesmo levantamento”, destacou o Parlamentar. 

Na quarta-feira, dia (29), a governadora Fátima Bezerra sancionou a lei que estabelece a Bíblia como patrimônio cultural no RN.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...