Durante programação na Rede Aleluia na manhã desta segunda-feira (16), bispo Renato Cardoso comentou sobre o ex-pastor Paulo Marcelo Schallenberger que está ajudando o Partido dos Trabalhadores a atrair o voto dos evangélicos.

Cardoso comentou sobre as entrevistas recentes do ex-pastor assembleiano que revelou à imprensa algumas das ações para atrair o eleitorado religioso. “A esquerda tem de ter consciência: se ficar expondo o que que pensa, o que vai estar fazendo? [Vai] Apenas [ficar] atrapalhando algo maior que é a eleição do presidente Lula. Segura o que pensa e vamos se aproximar”, disse ele sobre os partidos aliados do PT que defendem pautas como casamento entre pessoas do mesmo sexo, aborto e legalização das drogas.

Schallenberger também tem orientado Lula a abandonar o discurso radical que ele usava em 1989 para algo mais parecido com o discurso de 2002 que lhe garantiu a eleição.

“Em outras palavras, ele está aconselhando o PT, a esquerda, a esconder as suas pautas, o que o partido pretende fazer com respeito à família, à legalização de drogas, ao aborto e outras coisas do tipo. Praticamente, este pseudo pastor está aconselhando a esquerda a mentir para o povo evangélico”, diz Cardoso.

O bispo da Igreja Universal do Reino de Deus chegou a comparar Schallenberger com história de Balaão, -o feiticeiro que se passou por profeta e se vendeu para amaldiçoar o povo de Israel (Números 22).

“É o que parece que está acontecendo: um suposto ‘pastor’ aconselhando a esquerda a mentir. ‘Olha, não fala a verdade sobre o que vocês querem fazer, porque, senão, o povo evangélico não vai votar em vocês. Fala sobre feijão no prato, comida na mesa, dinheiro no bolso, mais empregos’. Eles moldam o discurso para agradar o pobre. Mas vêm por trás com as verdadeiras agendas que eles querem implementar em nosso país. Isso é um absurdo”, completou Cardoso.

JM Notícias

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...