O Partido dos Trabalhadores (PT) vai reunir 240 delegados, em um encontro estadual, para debater as alianças partidárias e chapa majoritária das eleições deste ano.  Para o presidente da Executiva Estadual, o ex-deputado Júnior Souto, a tendência da maioria dos delegados é de chancelar o acordo político que já vinha sendo costurado por orientação da direção nacional do partido, com a indicação da pré-candidatura do presidente estadual do MDB, deputado federal Walter Alves, para ser o companheiro de chapa da governadora Fátima Bezerra, que  tentará a reeleição. O Encontro deve ser no dia 21 deste mês. 

Júnior Souto diz que também “é prego batido e ponta virada” o acordo para o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, ser o candidato a senador da República numa aliança com o PDT, bem como considera superada as discussões sobre nomes para o Senado, porque essa questão, por exemplo, não foi levantada em nível de Rio Grande do Norte nas negociações feitas pelo PSB no Nordeste.

Da mesma forma avisou o chefe do Gabinete, Raimundo Alves Júnior, que essa será a chapa majoritária a ser apresentada, e ainda confirmou a participação da governadora Fátima Bezerra.

Antes, Fátima viaja a São Paulo para participar do lançamento oficial, no dia 07, das pré-candidaturas da chapa Lula/Geraldo Alckmin a presidente e vice-presidente da República.

A respeito do fato de PC do B e PT reivindicarem a vaga de primeiro suplente de senador, Raimundo Alves disse que “ainda vai ser definido o tamanho”, o que será levado à reunião são os cabeças de chapas e o vice.

Líder do partido na Assembleia Legislativa, o deputado Francisco do PT disse que “vai defender as articulações e conversas que estão em andamento desde a vinda do presidente Lula ao Rio Grande do Norte”, ocasião em que o ex-presidente esteve com o ex-senador Garibaldi Filho e deputado Walter Alves manifestou o desejo de ter o apoio do MDB na campanha em que buscará o terceiro mandato presidencial.

“Quanto a posição do PSB sobre uma possível candidatura do deputado Rafael Motta ao Senado, considero ser legítima e tem meu respeito. Entretanto, eu nunca fui procurado sobre essa possibilidade”, disse Francisco do PT, “Sendo assim, não tenho como opinar neste momento”.

A ideia do PT é ter a chapa majoritária sacramentada no encontro de tática, a fim de que seja oficialmente lançada na vida do ex-presidente Lula a Natal na segunda quinzena de agosto.

Com informações da Tribuna do Norte

Fonte: Portal Grande Ponto

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...