Nesta sexta-feira (27), a ex-deputada Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) desistiu de disputar uma vaga ao Senado pelo Rio Grande do Sul segundo informações da coluna de Rosane de Oliveira, do jornal Zero Hora.

O portal Metrópoles disse que dirigentes do PCdoB confirmaram a desistência de Manuela. Fora isso, para membros do partido, pesou na decisão o fato de que há apenas uma vaga para o Senado e D’Ávila teria poucas chances na disputa.

Fontes da legenda também teriam dito ao Metrópoles que, no Rio Grande do Sul, não houve uma união da esquerda a ponto de fazer frente aos candidatos de direita e do centro.

Consultas recentes sobre intenções de voto no estado apontaram o vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) na liderança da corrida pelo Senado, com 22,7%. Já Manuela aparecia em segundo lugar, com 20,5%, porém empatada com a ex-senadora Ana Amélia (PSD), que apareceu com 20,4%.

A decisão de D’Ávila também foi comunicada ao Partido dos Trabalhadores (PT). Segundo o UOL, Manuela disse por meio de um comunicado que é vítima de violência política. Ela ainda afirmou temer pela segurança de sua família, pois estaria sendo alvo de ameaças e perseguição por parte de bolsonaristas.

Pleno News

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...