Além de Oriovisto Guimarães, o senador Styvenson Valentim (Podemos) também decidiu retirar neste sábado (9) sua assinatura do requerimento para a criação da CPI para investigar as denúncias do “bolsolão do MEC”, diz o G1. 

De acordo Styvenson, “trazer essa discussão para dentro do Congresso Nacional em um ano eleitoral serviria apenas para dar palanque político para a oposição”, entretanto afirmou que “todas as denúncias de crime devem ser investigadas e os criminosos punidos”. A declaração foi publicada pela CNN Brasil.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) havia conseguido as 27 assinaturas necessárias para protocolar o pedido de instalação da comissão.

Com as decisões de Oriovisto e Styvenson, o documento tem agora 25 assinaturas e não poderá, pelo menos por enquanto, ser protocolado junto à Mesa Diretora do Senado.

Fonte: O Antagonista

Fonte: Portal Grande Ponto

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...