Após um encontro com o ex-governador João Doria, o também ex-governador Eduardo Leite divulgou uma carta nesta sexta-feira para dizer que apoiará a pré-candidatura do correligionário paulista à Presidência da República.

No documento, Leite diz que esteve com Doria na última terça-feira e que o paulista deixou claro que não abriria mão de concorrer ao Planalto após vencer as prévias presidenciais da sigla.

“Qualquer caminhodiferente dependeria de entendimento com o próprio candidato escolhido. Assim, me coloco aolado do meu partido e desta candidatura, na expectativa de que a união do PSDB contribua com aaguardada unificação dos atores políticos do centro daqui até a eleição de outubro”, afirma Leite.

O gaúcho tem agido para evitar uma judicialização da disputa, já que os apoiadores de Doria tem se valido do estatuto do partido que afirma que o vencedor das primárias deve ser sua candidatura homologada na convenção partidária. No entanto, o grupo de Leite e até o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, entendem que o pacto das prévias entre os partidos de centro — o que inclui MDB e União Brasil — para lançar uma candidatura única não está submetido ao estatuto tucano. Esse entendimento abriria caminho para Leite voltar à cena.

Agora, porém, Leite tenta acalmar os ânimos e evitar os confrontos na sigla. Ele não quer ficar com a pecha de que dividiu o partido. Segundo aliados, trata-se de um recuo tático e a aposta do ex-governador é que a candidatura de Doria não vai se viabilizar em razão de sua alta rejeição. Além disso, a avaliação também é de que o próprio PSDB de São Paulo tende a trabalhar contra a candidatura de Doria, já que pesquisas mostram que a maior parte dos eleitores não votariam no governador Rodrigo Garcia associado a uma candidatura presidencial do paulista.

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, reagiu a carta com elogios a Leite.

“Carta madura de um homem público compromissado com o seu Estado, o País e o seu Partido. Por ações como essa e pelo seu governo no RS ele tem se consolidado como a mais jovem liderança nacional. Tem e terá um papel fundamental na democracia brasileira e no nosso Partido”, diz Araújo.

Agora RN

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...