Deu no jornal Valor Econômico. Diante de dificuldades para formalização de federações partidárias de campos políticos diferentes, PT e MDB já consolidaram alianças regionais de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em pelo menos seis dos nove Estados do Nordeste. Com a alta popularidade do petista na região, que responde por 27% do eleitorado brasileiro, há apenas indefinições na Bahia, Ceará e Sergipe. 

PT e MDB vão estar no mesmo palanque em Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Maranhão e Piauí. Há possibilidades ainda de os dois partidos também integrarem alianças no Ceará e na Bahia. 

Segundo o Valor Econômico: "No Rio Grande do Norte, PT e MDB devem caminhar juntos. Inicialmente, Lula sugeriu a Garibaldi Alves, cacique do MDB local, que ele deveria concorrer ao Senado na chapa da governadora Fátima Bezerra (PT). No entanto, após negativa de Garibaldi, quem deve ser indicado para a vaga é o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT). No segundo turno das eleições de 2018, ele apoiou o presidente Jair Bolsonaro (PL)".

Ainda de acordo com o jornal, "o MDB no Rio Grande do Norte passou a reivindicar a vaga de vice. A ideia era colocar o deputado federal Walter Alves, filho de Garibaldi Alves. A governadora tem resistido e quer manter seu vice, Antenor Roberto (PCdoB). No arranjo eleitoral, Garibaldi Alves vai disputar vaga na Câmara. Walter Alves deve concorrer a deputado estadual. Há acordos com a governadora para que, se eleito, ele assuma a presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte".

Fonte: Portal Grande Ponto

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...