O deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) utilizou seu pronunciamento na sessão plenária desta quarta-feira (23) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para lamentar a morte do sargento da Polícia Militar Luciel de Lima Rodrigues, de 47 anos. O PM teve um infarto durante manifestação da categoria em frente à Governadoria nesta terça (22) e não resistiu.

"Morreu em frente à Governadoria, um registro lamentável e triste. Era alguém que acreditava nas promessas da governadora, dizendo que daria seguro de vida aos policiais e morreu sem receber seu seguro. E outros estão morrendo. Mais um policial foi assassinado covardemente", disse coronel Azevedo.

Segundo o parlamentar, a governadora Fátima Bezerra (PT) encaminhou mensagem ao Legislativo se comprometendo a diminuir diferenças salariais entre as polícias. O deputado revelou existir um "tratamento discriminatório e humilhante" do Executivo com os PMs. "O governo já escolheu seu lado e não é ao lado da Polícia".

Coronel Azevedo ainda abordou a votação do projeto que estabelece o reajuste do piso salarial dos professores do Estado. O deputado lamentou o fato do Governo do RN não ter sido o primeiro do País a implantar a medida, que será implementada de maneira parcelada.

AL-RN

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...