Nesta segunda-feira (7), o x-juiz e pré-candidato do Podemos à Presidência, Sergio Moro, lançou a ‘Carta de Princípios para os Cristãos’, onde assume 14 compromissos com a comunidade cristã do país, entre católicos e evangélicos.

O documento diz que contém elencado “verdadeiros compromissos com os quais sempre pautaremos a nossa conduta junto à comunidade cristã do Brasil”.

Entre os temas tem questões bastante importantes politicamente para este grupo da sociedade: o aborto, a sexualização precoce de crianças, tráfico de drogas, ressocialização de presos e outros.

Sobre o aborto, o documento diz: “Defenderemos a não ampliação da legislação em relação ao aborto e faremos a defesa da preservação da vida humana em todas as suas manifestações, conforme lei brasileira em vigor”.

Sobre união entre pessoas do mesmo sexo – já autorizadas no país, Moro diz defender as “preferências afetivas e sexuais de cada indivíduo” e que o “Estado deve evitar ao máximo invadir a esfera da liberdade privada, assim como deve preservar as crianças e adolescentes da sexualização precoce“.

Na carta, Moro diz também que preservará a pluralidade política e incentivará “o combate à discriminação, ao preconceito e ao discurso de incentivo ao ódio e à violência, ainda que simbólica, seja em virtude da religião, raça, orientação sexual ou ideologia”.

“Valorizaremos as Liberdades Civis Fundamentais e, particularmente, a Liberdade de Expressão, respeitando a opinião discordante, e a Liberdade Religiosa e de Culto de forma ampla, nas mais diversas esferas de manifestações legítimas”, indicou na carta.

JM Notícias

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...