foto: Edilberto Barros

A promotora de Justiça Patrícia Antunes Martins, da 19ª Promotoria de Justiça de Mossoró, apresentou, no último dia 08 de dezembro, denúncia em desfavor do vereador Ricardo Soares Nogueira do Couto (Ricardo de Dodoca).

Segundo a denúncia, o vereador teria recebido vantagem indevida repassada por assessoras parlamentares lotadas em seu gabinete, decorrente de valores de empréstimos consignados que àquelas realizaram junto à Caixa Econômica Federal, configurando, assim, enriquecimento ilícito do parlamentar.

Conforme apurou o Ministério Público, a assessora parlamentar Fabrícia Lima da Silva fez um empréstimo consignado no dia 23 de abril de 2013 no valor de R$ 17.155,40 e um dia depois, em 24 de abril, depositou na conta do vereador Ricardo de Dodoca a quantia de R$ 15 mil.

Já a assessora Sarita Yakamwry Machado de Lima fez um empréstimo consignado de R$ 17.978,76 em janeiro de 2013 e fez depósitos na conta do vereador que somaram R$ 10.786,00. Nesse caso os repasses foram feitos de forma parcelada.

Do Blog do Ti Colorau

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...