Mesmo inelegível até o ano de 2026, o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, foi convidado para se filiar ao Partido Progressistas (PP), do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira. Segundo informações do Antagonista, o ex-deputado refletirá sobre o caso até março, quando irá anunciar sua decisão.

Atualmente, o ex-deputado está no MDB, mas já pertenceu ao PP anteriormente, quando se elegeu à Câmara federal pela primeira vez, em 2003. Além das duas siglas, Cunha também já passou pelo PRN, durante a gestão do ex-presidente Fernando Collor.

Condenado pela Lava Jato, atualmente Cunha tenta reaver seus direitos políticos solicitando anulação da sentença. Ele foi acusado de ocultar contas bancárias na Suíça e de mentir sobre a existência delas em depoimento à CPI da Petrobrás, em 2015.

O relator do processo de cassação, vale ressaltar, foi o deputado federal Fausto Pinato. Filiado ao PP, Fausto não teria gostado da ideia de receber Cunha na legenda.

Pleno News

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...