terça-feira, 1 de dezembro de 2020

Servidor merece o mesmo tratamento que o governo dá aos empresários, diz SINSP/RN

 

Enquanto o servidor público do RN não tem aumento há 11 anos, teve o seu salário atacado com uma reforma da previdência, que diminui a remuneração dos trabalhadores, e ainda está com duas folhas salariais atrasadas há dois anos, a classe empresarial é só alegria com o governo Fátima. O tratamento dado para os homens de negócio é o inverso a hostilidade exercida os servidores do Estado.

O próprio secretário de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, comentou sobre o ótimo acolhimento dado aos empresários: “fizemos várias modernizações e atualizações na nossa legislação tributária”. Enquanto os empresários ganham atualizações na legislação tributária, trabalhadores sofrem com retirada de direitos na reforma da previdência.
Continua depois da publicidadeVale lembrar que Carlos Eduardo Xavier culpou os aposentados e pensionistas por falta de dinheiro na saúde e educação, em agosto desse ano, durante a discussão da reforma da previdência.

Tratamento diferentes

Diferentemente dos empresários, os servidores foram atacados quando tiveram seu pedido negado de aumento salarial, mesmo com os funcionários de Estado com remunerações mais altas terem sua demanda aceita.

Diferentemente dos empresários, os servidores foram atacados quando o governo se negou a negociar os empréstimos consignados com as instituições financeiras. Pior que isso, milhares ainda sofrem com a falta de repasse das suas parcelas aos bancos e estão entrando no SPC.
Continua depois da publicidadeDiferentemente dos empresários, os servidores ainda nem sabem quando vão receber os seus salários de dezembro e 13° de 2018. Dois anos de atraso salarial, que culminou em doenças e muitas dívidas.


SINSP/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...